Angola

Angola: Costa Júnior volta a criticar revisão constitucional

Líder da UNITA, Adalberto Costa Júnior
Adalberto Costa Júnior

O líder da UNITA, Adalberto Costa Júnior, afirmou em entrevista que a proposta do Presidente da República de Angola, João Lourenço, acerca da revisão constitucional surgiu num mau momento. Isto porque, explicou, não se deve propor essa revisão em pré-campanha eleitoral. 

As declarações foram feitas na Guiné-Bissau, durante uma visita oficial do dirigente do maior partido da oposição em Angola. Segundo o próprio, quando já se está com a corrida em andamento não se mudam as regras, tendo feito assim referência às eleições gerais marcadas para 2022. 

Costa Júnior lembrou que a oposição já tinha proposto uma revisão da Constituição angolana e que o chefe de Estado não a aceitou na altura. O político acrescentou que a referida proposta não partiu pela busca de consensos no país, mas sim de uma iniciativa sobretudo fechada, relativamente às respostas que os cidadãos pretendem quanto à eleição do Presidente da República. 

Em 2017 acompanhámos um ciclo de mutação de liderança, no âmbito do país. Essa nova liderança surgiu com um discurso de reformas, de combate à impunidade, à corrupção. E, decorridos três anos e meio, infelizmente a deceção é muito grandedisse, ao falar do desempenho de João Lourenço.

© e-Global Notícias em Português
Comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Topo