Angola

Angola: Danda aposta na formação de quadros

© Raúl Danda

O político Raúl Danda, um dos candidatos à presidência da UNITA, afirmou que entre as linhas de força em que aposta caso seja eleito encontra-se a necessidade de uma maior promoção e valorização da mulher e a sua participação nos órgãos de decisão e direção, bem como a aposta na formação de quadros, em particular de jovens.

Os compromissos foram apresentados nesta quinta-feira, 07 de novembro, em Malange, à margem de um encontro com militantes e delegados da referida província para o XIII Congresso Ordinário da maior formação política no poder, que se realiza na próxima semana, de 13 a 15 de novembro, em Luanda.

Danda manifestou ainda a pretensão de fazer com que a participação da mulher a nível da UNITA atinja os 45%, com tendência de chegar à paridade, tendo justificado a sua posição com o facto de a maioria da população angolana ser do sexo feminino e porque as mulheres também são competentes.

Defendeu igualmente a aposta na formação de quadros, com a atribuição de bolsas de estudo para os níveis médio e superior no país, numa primeira fase, bem como a valorização dos quadros do partido com base nas aptidões e competências.

O candidato prometeu congregar os quadros e militantes em torno de uma direção mais plural, bem como melhorar a imagem da organização política. Caso seja eleito, garantiu um forte combate ao favoritismo, nepotismo, impunidade, corrupção e outros comportamentos desviantes que politicamente fragilizam a UNITA.

Recorde-se que Raúl Danda concorre contra outros quatro candidatos, entre os quais José Pedro Kachiungo, Abílio Kamalata, Adalberto Costa Júnior e Alcides Sakala.

© e-Global Notícias em Português
Comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Topo