Plataforma de Petróleo

Angola e Guiné Equatorial têm o petróleo mais caro do mundo

Organização dos Países Exportadores de Petróleo (OPEP) afirma que o petróleo vindo de Angola, Argélia e Guiné Equatorial foi o mais caro do mundo em junho e no primeiro semestre de 2022 como um todo. A informação é avançada através do último relatório mensal da OPEP. 

No documento pode ler-se que o petróleo argelino, Sahara Blend, tornou-se o mais caro do mundo durante o último junho e os primeiros seis meses de 2022. O preço médio do petróleo, que tem baixo teor de enxofre e densidade muito baixa, alcançou os 128,31 dólares norte-americanos por barril em junho. 

Trata-se de um aumento, comparativamente aos 115,28 dólares norte-americanos em maio. Em percentagem representa 11,3% de mês a mês, indica Relatório Mensal do Mercado de Petróleo da OPEP. Nos primeiros seis meses de 2022, o preço médio do Sahara Blend foi de 111,05 dólares em comparação com 64,73 dólares para todo o ano de 2021. 

Em segundo lugar está o Zafiro, petróleo bruto da Guiné Equatorial. Segue-se o Girassol, petróleo bruto produzido por Angola. 

No total, os países da OPEP produziram 28,716 milhões de barris por dia em junho, em comparação com 28,678 em maio. Trata-se de um aumento de 234 mil barris, de acordo com fontes secundárias mencionadas pela “Africa News”.

Deixe uma resposta




Artigos relacionados

Cabo Verde: Orlando Dias apresenta Nova Carta Política para unir o MpD e a Nação

Cabo Verde: Orlando Dias apresenta Nova Carta Política para unir o MpD e a Nação

O candidato à presidência do MpD, Orlando Dias, iniciou 2023 com a apresentação de uma Nova Carta Política para unir…
Angola: UNITA promete mudanças na Lunda Norte

Angola: UNITA promete mudanças na Lunda Norte

O novo secretário provincial da UNITA na Lunda Norte, Francisco Cacoma, prometeu na terça-feira, 03 de janeiro, que vai adotar…
Moçambique: Presidente de Quelimane promete pagar 13º mês de 2022

Moçambique: Presidente de Quelimane promete pagar 13º mês de 2022

O Presidente do Município da Cidade de Quelimane, na Província da Zambézia, Manuel de Araújo, prometeu, na tarde de 4…
Timor-Leste: PIB não-petrolífero subiu 3,9% em 2022

Timor-Leste: PIB não-petrolífero subiu 3,9% em 2022

O Produto Interno Bruto (PIB) não-petrolífero de Timor-Leste cresceu 3,9% em 2022, de acordo com os dados provisórios do Ministério das Finanças. …