Angola e Portugal assinam memorando para setor dos transportes

O ministro dos Transportes de Angola, Ricardo Viegas de Abreu, testemunhou nesta terça-feira, 14 de setembro, em Lisboa, a assinatura de um memorando de entendimento entre o Instituto Nacional dos Transportes Rodoviários da República de Angola e a Autoridade da Mobilidade e dos Transportes da República de Portugal.

O documento foi rubricado pelo diretor-geral interino do Instituto Nacional dos Transportes, Énio de Magalhães Costa, e pela presidente do Conselho de Administração da Autoridade da Mobilidade e dos Transportes, Ana Paula Vitorino.

Trata-se de um acordo que visa regular várias parcerias e acordos de cooperação, de maneira a orientar uma relação mais profunda entre dois dos setores fundamentais para o desenvolvimento e crescimento económico dos dois países.

Na sua intervenção, o ministro angolano salientou a importância do documento, que permitirá, entre outras possibilidades, a formação por especialistas portugueses de técnicos angolanos do setor dos Transportes.

O memorando de entendimento, já em vigor, prevê igualmente a capacitação de técnicos de ambos os países, incluindo o intercâmbio de pessoal para fins de troca de experiências “in loco”, de visitas técnicas e de estudo para intercâmbio de especialistas, académicos e delegações.

Está também prevista a organização conjunta de seminários, workshops e reuniões com a participação de especialistas, cientistas, empresas privadas e outras entidades relevantes.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.




Artigos relacionados

MPLA, FRELIMO, ANC e SWAPO querem formação contínua dos militantes

MPLA, FRELIMO, ANC e SWAPO querem formação contínua dos militantes

Militantes e delegados dos partidos MPLA (Angola), FRELIMO (Moçambique), ANC (África do Sul) e SWAPO (Namíbia) terminam neste sábado, 26…
Moçambique: Autarquias locais mantêm dependência do OE

Moçambique: Autarquias locais mantêm dependência do OE

O presidente da Comissão de Administração Pública e Poder Local da Assembleia da República de Moçambique, Francisco Mucanheia, chefiou um…
Timor-Leste: Construção do Porto de Tíbar alcançou os 72% em 2021

Timor-Leste: Construção do Porto de Tíbar alcançou os 72% em 2021

O Ministério das Finanças de Timor-Leste informou, através de um documento, que a construção do Porto de Tíbar chegou a 72%…
Moçambique: Paralisação de fábricas de processamento de castanha de cajú empurra mais de 17 mil pessoas para o desemprego em Nampula

Moçambique: Paralisação de fábricas de processamento de castanha de cajú empurra mais de 17 mil pessoas para o desemprego em Nampula

Na província moçambicana de Nampula, 17.182 trabalhadores foram empurrados para o desemprego nos dois últimos anos na sequência da paralisação…
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin