Angola: Economia angolana precisa de diversificação, alerta Banco Mundial

À margem da conferência Doing Business Angola, que decorre em Lisboa, organizada pelo Jornal Económico e pela Forbes Africa, a representante da Corporação Financeira Internacional em Angola, Indira Campos, afirmou que “o Estado tem de se retirar da esfera privada” e considerou que o programa de privatizações e parceiras público-privadas vai beneficiar Angola.

Para Indira Campos, representante da Corporação Financeira Internacional, o braço do Banco Mundial para ajudar o setor privado a investir nos países em desenvolvimento, o Estado angolano tem de se retirar da economia e criar outros mecanismos para “aumentar a atratividade” e a diversificação.

O desafio do país passa por conseguir atrair capital privado estrangeiro para sectores fundamentais, com base no “compromisso do Governo até ao mais alto nível” e “transparência no processo”.

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *




Artigos relacionados

Moçambique: Corte da estrada que dá acesso à vila de Quissanga está a provocar carência de alimentos

Moçambique: Corte da estrada que dá acesso à vila de Quissanga está a provocar carência de alimentos

O transbordo do rio Montepuez e destruição de uma das pontes provocou o corte do acesso rodoviário à vila sede…
Moçambique: PR diz que União Africana apoia agenda do país

Moçambique: PR diz que União Africana apoia agenda do país

O Presidente da República de Moçambique, Filipe Nyusi, afirmou que a 37.ª Cimeira da União Africana deu uma nota positiva…
Carlos Gonçalves, candidato pelo círculo europeu pela Aliança Democrática

Carlos Gonçalves, candidato pelo círculo europeu pela Aliança Democrática

“Definir um grande Plano Estratégico para as Comunidades Portuguesas” Carlos Alberto Silva Gonçalves, tem 62 anos de idade e volta…
Timor-Leste: Ramos-Horta exonera recém-nomeado embaixador na Indonésia

Timor-Leste: Ramos-Horta exonera recém-nomeado embaixador na Indonésia

O chefe de Estado timorense, José Ramos-Horta, decidiu exonerar o recém-nomeado embaixador do país na Indonésia, António Conceição. A informação…