Empresária angolana Isabel dos Santos

Angola: Empresas de Isabel dos Santos são alvos de buscas em Lisboa e no Porto

As empresas de Isabel dos Santos localizadas em Portugal estão a ser alvos de buscas, mais concretamente em Lisboa e no Porto, onde fica a sede da empresa EFACEC. A mega-operação teve início nesta quarta-feira, 17 de junho, e contou com a colaboração de várias dezenas de polícias.

Também a casa de Jorge Brito Pereira, antigo advogado da filha do ex-Presidente angolano José Eduardo dos Santos, foi alvo de buscas por parte da Polícia Judiciária. O visado foi referido no dossier ‘Luanda Leaks’ por ter aberto, pelo menos, duas empresas a Isabel dos Santos.

O escritório Uría Menendez- Proença de Carvalho terá sido um dos alvos, por ser a sociedade onde trabalhava Jorge Brito Pereira até ao início deste ano.

A equipa do Departamento Central de Investigação e Ação Penal (DCIAP) tem como objetivo investigar neste processo eventuais crimes de branqueamento de capitais relacionados com movimentos financeiros comunicados recentemente por alguns bancos, nomeadamente do EuroBic, e com os levantamentos de dinheiro da conta bancária da Sonangol na mesma instituição financeira, em novembro de 2017, pelo gestor de conta de Isabel dos Santos.

Recorde-se que na altura da saída da empresária da Sonangol foram retirados, em apenas 15 dias (entre 2 e 17 de novembro de 2017), 73 milhões de dólares (64 milhões de euros) da conta da petrolífera pública naquele banco, por ordem de Nuno Ribeiro da Cunha, que era na ocasição o diretor do Private Banking do Eurobic e gestor de conta de Isabel dos Santos, tendo alegadamente cometido suicídio no final de janeiro deste ano, após a revelação do caso ‘Luanda Leaks’.

Em março o juiz Carlos Alexandre determinou o arresto de todos os bens da empresária angolana em Portugal, no âmbito do processo que corre na Justiça de Angola. A decisão foi tomada no cumprimento de um acórdão do Tribunal da Relação de Lisboa.

Esse arresto inclui todo o património da filha de José Eduardo dos Santos em Portugal, como casas, contas bancárias e empresas. As autoridades angolanas disseram que pretendem recuperar, no âmbito do processo, mais de mil milhões de euros.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.




Artigos relacionados

Moçambique: Maleiane ocupa cargo de primeiro-ministro

Moçambique: Maleiane ocupa cargo de primeiro-ministro

O chefe de Estado moçambicano, Filipe Nyusi, confere posse a Adriano Maleiane nesta sexta-feira, 04 de março. O ex-ministro da…
Putin aconselha países vizinhos a não agravarem situação de guerra

Putin aconselha países vizinhos a não agravarem situação de guerra

O Presidente russo recomenda aos países vizinhos da Rússia que “não agravem a situação, não imponham limitações”. Vladimir Putin diz…
Liga dos Bombeiros Portugueses envia ambulâncias para a Ucrânia

Liga dos Bombeiros Portugueses envia ambulâncias para a Ucrânia

A Liga dos Bombeiros Portugueses anunciou nesta sexta-feira, 04 de março, que vai enviar na segunda-feira para a Ucrânia oito…
Primeiro-ministro português efectua visita de 48 horas à Guiné-Bissau

Primeiro-ministro português efectua visita de 48 horas à Guiné-Bissau

A Guiné-Bissau recebe este sábado 05 Março a visita primeiro-ministro português, António Costa, que permanecerá no país 48 horas. Segundo…
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin