Angola entrará em recessão mesmo com apoio do FMI

Angola não irá escapar à recessão ainda neste ano de 2021, apesar das reformas e do apoio vindos do Fundo Monetário Internacional (FMI). foi a esta conclusão que chegou o departamento de estudos económicos do Standard Bank.

“A nossa perspetiva sobre a evolução de Angola melhorou principalmente devido a uma melhor estimativa de evolução do setor externo, mas Angola não deverá escapar a uma recessão pelo sexto ano consecutivo”, declararam os analistas.

As mesmas fontes da referida entidade bancária indicaram então uma previsão de quebra de 0,45% no Produto Interno Bruto (PIB) para 2021.

“A esperada melhoria nas exportações, num contexto de recuperação do mercado petrolífero, vai provavelmente ser insuficiente para compensar o impacto negativo da despesa em Angola, num ano em que a pandemia ainda está a causar um aumento do desemprego”, mencionaram também.

Quanto a uma possível recuperação ligeira, esta é apontada para 2022, mas poderá ser mais uma vez anulada em 2023 “se o investimento direto estrangeiro não aumentar de forma significativa”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.




Artigos relacionados

Moçambique: IESE diz que Covid-19 não foi principal causa de recessão do país

Moçambique: IESE diz que Covid-19 não foi principal causa de recessão do país

O Instituto de Estudos Sociais e Económicos (IESE) considera que a Covid-19 não foi a principal causa da recessão económica em Moçambique.…
Guiné-Bissau: Presidente exonera Chefe de Estado-maior da armada e vice do Exército

Guiné-Bissau: Presidente exonera Chefe de Estado-maior da armada e vice do Exército

Segundo uma nota do Gabinete de Comunicação da Presidência da República, citando o Decreto Presidencial, “é o Contra Almirante, Carlos…
Timor-Leste: Elaboração do Plano de Urbanização de Díli aprovada

Timor-Leste: Elaboração do Plano de Urbanização de Díli aprovada

O Conselho de Ministros de Timor-Leste aprovou a elaboração do Plano de Urbanização de Díli. O objetivo é melhorar a…
Angola: Governo aprova mais de 15 mil milhões de kwanzas para Agricultura e Pescas

Angola: Governo aprova mais de 15 mil milhões de kwanzas para Agricultura e Pescas

O ministro da Agricultura e Pescas de Angola, António Francisco de Assis, informou que foram aprovados mais de 15 mil…
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin