Angola envia militares para missão em Moçambique

A Assembleia Nacional de Angola aprovou nesta terça-feira, 27 de julho, o envio de 20 militares angolanos para Moçambique. O objetivo é integrá-los na missão africana em estado de alerta da Comunidade de Desenvolvimento da África Austral (SADC, na sigla inglesa) de imposição da paz na província de Cabo Delgado, frequentemente alvo de ataques terroristas desde outubro de 2017.

O Projeto de Resolução que autoriza o Presidente da República, João Lourenço, enquanto Comandante em Chefe das Forças Armadas Angolanas, a enviar a componente angolana de Força de Alerta da SADC para Moçambique foi aprovado por unanimidade.

Segundo o ministro de Estado e Chefe da Casa de Segurança do Presidente da República, Francisco Pereira Furtado, os 20 militares vão iniciar a missão em Moçambique a partir de 06 de agosto. 

O custo inicial da missão militar está estimado em 575.500 dólares (487 mil euros).

Os ataques armados em Cabo Delgado já provocaram mais de 800 mil deslocados e paralisaram um projeto de gás de 20 mil milhões de dólares (17 mil milhões de euros), liderado pela petrolífera francesa Total.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.




Artigos relacionados

Moçambique: IESE diz que Covid-19 não foi principal causa de recessão do país

Moçambique: IESE diz que Covid-19 não foi principal causa de recessão do país

O Instituto de Estudos Sociais e Económicos (IESE) considera que a Covid-19 não foi a principal causa da recessão económica em Moçambique.…
Guiné-Bissau: Presidente exonera Chefe de Estado-maior da armada e vice do Exército

Guiné-Bissau: Presidente exonera Chefe de Estado-maior da armada e vice do Exército

Segundo uma nota do Gabinete de Comunicação da Presidência da República, citando o Decreto Presidencial, “é o Contra Almirante, Carlos…
Timor-Leste: Elaboração do Plano de Urbanização de Díli aprovada

Timor-Leste: Elaboração do Plano de Urbanização de Díli aprovada

O Conselho de Ministros de Timor-Leste aprovou a elaboração do Plano de Urbanização de Díli. O objetivo é melhorar a…
Angola: Governo aprova mais de 15 mil milhões de kwanzas para Agricultura e Pescas

Angola: Governo aprova mais de 15 mil milhões de kwanzas para Agricultura e Pescas

O ministro da Agricultura e Pescas de Angola, António Francisco de Assis, informou que foram aprovados mais de 15 mil…
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin