Angola

Angola: Ex-ministra das Pescas tem contas bloqueadas por ordem da PGR

A antiga ministra das Pescas de Angola Victória de Barros Neto tem as contas bloqueadas por ordem da Procuradoria-Geral da República (PGR), que decidiu aplicar a mesma medida ao marido e aos filhos da ex-governante, além de ter aberto um processo-crime contra a visada.

Esta decisão foi tomada após um juiz de um Tribunal de Windhoek, na Namíbia, ter emitido um mandado de detenção contra Victória de Barros Neto, que foi exonerada em janeiro deste ano.

As equipas de Angola e da Namíbia estão a trabalhar em conjunto para apurarem a implicação da atual deputada do MPLA num esquema de corrupção, fraude fiscal e branqueamento de capitais, em que se encontram ainda envolvidos dois ex-ministros namibianos, que já estão a prestar a contas à justiça naquele país.

O sub-procurador e porta-voz da PGR, Álvaro da Silva João, afirmou que está em curso uma diligência entre as autoridades judiciais dos dois países. No entanto, lembrou que, à luz da Constituição, Angola não pode extraditar os seus concidadãos.

“O que fizemos desde que tomámos conhecimento deste assunto, através do gabinete de Intercâmbio e Cooperação Internacional, foi contactar a nossa congénere”, partilhou, explicando que, “havendo matérias que indiciem actos criminais, em momento oportuno iremos prestar informações sobre o andamento do processo”.

© e-Global Notícias em Português
Comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Topo