Angola: Fim do cartão de eleitor pode excluir angolanos das eleições

Vários cidadãos angolanos sem Bilhete de Identidade na província do Cuando Cubango afirmaram que é difícil obter documentos no país. Assim, a nova lei de registo eleitoral pode excluir muitos indivíduos no interior de Angola das eleições gerais, marcadas para 2022.

Muitos dos cidadãos que têm recorrido aos serviços de registo e identificação para a obtenção do Bilhete de Identidade falam numa situação difícil. Só para conseguirem uma certidão de nascimento são obrigados a chegar às 05 horas da manhã e, para levantarem o mesmo documento, chegam a esperar mais de seis meses.

As queixas destes cidadãos foram partilhadas com a imprensa local, tendo algus deles contado diversas peripécias na emissão de documentos. Entretanto, o ministro da Administração do Território de Angola, Marcy Lopes, explicou como vai funcionar a transferência de dados para a confirmação dos potenciais eleitores.

“Os dados dos cidadãos maiores que constam do Bilhete de Identidade são transferidos automaticamente para a base de dados de cidadãos maiores a partir deste momento em que é feito. O Ministério da Administração do Território tem conhecimento do universo de cidadãos que são potenciais eleitores. Caberá a cada um informar onde é que pretende exercer o seu direito de voto”, declarou.

Os partidos políticos da oposição desconfiam de “manobras” políticas para haver fraude eleitoral, devido às dificuldades no acesso ao referido documento de atribuição da cidadania.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.




Artigos relacionados

Moçambique: IESE diz que Covid-19 não foi principal causa de recessão do país

Moçambique: IESE diz que Covid-19 não foi principal causa de recessão do país

O Instituto de Estudos Sociais e Económicos (IESE) considera que a Covid-19 não foi a principal causa da recessão económica em Moçambique.…
Guiné-Bissau: Presidente exonera Chefe de Estado-maior da armada e vice do Exército

Guiné-Bissau: Presidente exonera Chefe de Estado-maior da armada e vice do Exército

Segundo uma nota do Gabinete de Comunicação da Presidência da República, citando o Decreto Presidencial, “é o Contra Almirante, Carlos…
Timor-Leste: Elaboração do Plano de Urbanização de Díli aprovada

Timor-Leste: Elaboração do Plano de Urbanização de Díli aprovada

O Conselho de Ministros de Timor-Leste aprovou a elaboração do Plano de Urbanização de Díli. O objetivo é melhorar a…
Angola: Governo aprova mais de 15 mil milhões de kwanzas para Agricultura e Pescas

Angola: Governo aprova mais de 15 mil milhões de kwanzas para Agricultura e Pescas

O ministro da Agricultura e Pescas de Angola, António Francisco de Assis, informou que foram aprovados mais de 15 mil…
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin