Angola: FNLA apela à unidade nacional para combater a Covid-19

A Frente Nacional de Libertação de Angola (FNLA) declarou que a pandemia da Covid-19 inviabiliza o progresso e a estabilidade económica nacional, sendo necessário juntar sinergias para combatê-la.

O partido disse que para vencer este inimigo invisível, que é o novo coronavírus, deve recorrer-se à unidade nacional entre todos os angolanos, independentemente da cor partidária ou do status social.

Para o porta-voz da organização partidária, Jerônimo Makana, a única saída para esta situação é a união entre as forças ativas da sociedade e o envolvimento das populações.

A Covid-19, acrescentou, é um instrumento inviabilizador do progresso e da estabilidade económica nacional, devendo o povo angolano cumprir as medidas preventivas estabelecidas pelo Governo, de forma a evitar o registo de novos casos. O número oficial indica 24 pessoas infetadas.

Para auxiliar as famílias mais carenciadas de alguns bairros periféricos de Luanda, a FNLA vai fazer nesta quarta-feira, 22 de abril, uma doação de produtos da cesta básica. A iniciativa, partilhou Makana, poderá abranger outras províncias, estando ainda prevista a distribuição de água potável mediante um sistema de cisternas.

“Estamos a criar todas as condições de modo a sair às ruas na próxima quarta-feira e estarmos ao lado dos que mais sofrem. É o nosso sentido de solidariedade para com os que mais sofrem”, concluiu.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.




Artigos relacionados

Banco de Moçambique cancela registo de 15 operadores de microcrédito

Banco de Moçambique cancela registo de 15 operadores de microcrédito

O Banco de Moçambique decidiu cancelar o registo de 15 operadores de microcrédito. Estes passam a estar assim proibidos de…
Cabo Verde e Suíça decidem facilitar vistos de curta duração

Cabo Verde e Suíça decidem facilitar vistos de curta duração

Cabo Verde e Suíça acordaram que vão facilitar a emissão de vistos de curta duração, divulgou o Ministério dos Negócios…
Timor-Leste: Debate de candidatos presidenciais adiado para 15 de março

Timor-Leste: Debate de candidatos presidenciais adiado para 15 de março

O Vice-Presidente da Comissão Nacional de Eleições (CNE), Domingos Barreto, informou que o debate público dos candidatos à Presidência da…
Moçambique: Maleiane ocupa cargo de primeiro-ministro

Moçambique: Maleiane ocupa cargo de primeiro-ministro

O chefe de Estado moçambicano, Filipe Nyusi, confere posse a Adriano Maleiane nesta sexta-feira, 04 de março. O ex-ministro da…
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin