Angola: FNLA quer recuperar assentos na Assembleia

O porta-voz da comissão preparatória do V congresso ordinário da FNLA, Ndonga Nzinga, declarou nesta quinta-feira, 02 de setembro, que o partido quer aumentar o número de deputados à Assembleia Nacional nas próximas eleições gerais. Recorde-se que o sufrágio está marcado para 2022.

As afirmações foram feitas em Luanda, durante uma conferência de imprensa de apresentação dos candidatos à presidência da formação política.

Ainda segundo Nzinga, a FNLA pretende eleger, no mínimo, dez deputados, e recuperar o seu lugar como uma das organizações políticas mais importantes a nível nacional e internacional.

“A FNLA quer tornar-se, na próxima legislatura, um partido da oposição com o devido peso. Neste sentido, no nosso V congresso ordinário, a decorrer de 16 a 18 deste mês [setembro], vamos preparar a estratégia eleitoral para atingirmos este desiderato”, concluiu.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.




Artigos relacionados

Angola: Governo aprova mais de 15 mil milhões de kwanzas para Agricultura e Pescas

Angola: Governo aprova mais de 15 mil milhões de kwanzas para Agricultura e Pescas

O ministro da Agricultura e Pescas de Angola, António Francisco de Assis, informou que foram aprovados mais de 15 mil…
MPLA, FRELIMO, ANC e SWAPO querem formação contínua dos militantes

MPLA, FRELIMO, ANC e SWAPO querem formação contínua dos militantes

Militantes e delegados dos partidos MPLA (Angola), FRELIMO (Moçambique), ANC (África do Sul) e SWAPO (Namíbia) terminam neste sábado, 26…
Moçambique: Autarquias locais mantêm dependência do OE

Moçambique: Autarquias locais mantêm dependência do OE

O presidente da Comissão de Administração Pública e Poder Local da Assembleia da República de Moçambique, Francisco Mucanheia, chefiou um…
Timor-Leste: Construção do Porto de Tíbar alcançou os 72% em 2021

Timor-Leste: Construção do Porto de Tíbar alcançou os 72% em 2021

O Ministério das Finanças de Timor-Leste informou, através de um documento, que a construção do Porto de Tíbar chegou a 72%…
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin