Angola

Angola: FNLA reorganiza-se devido ao “novo paradigma sociopolítico”

Líder da FNLA, Lucas Ngonda
Lucas Ngonda

O primeiro secretário provincial da Frente Nacional de Libertação de Angola (FNLA) em Malanje, Luciano dos Santos, declarou que o partido está a reorganizar-se com base no “novo paradigma sociopolítico”. 

A afirmação foi feita durante o discurso realizado na cerimónia de encerramento do ano político do partido. O político aproveitou a ocasião para incentivar os militantes e quadros do partido a trabalharem com afinco para que, nos próximos tempos, a FNLA possa recuperar o espaço perdido na arena política nacional. 

Luciano dos Santos defendeu que se deve arregaçar as mangas para elevar a formação política a outros níveis que sejam compatíveis com a dimensão da sua história. É necessário combater a “condição humilhante que a FNLA vive” desde a instauração do multipartidarismo no país, realçou. 

“Da força política de referência que fomos na luta de libertação de Angola, passamos a um grupinho insignificante no Parlamento durante quatro legislaturas”disse ainda. 

Por sua vez, o líder desta organização política, Lucas Ngonda, apontou o ano de 2021 como determinante para o futuro do partido. “Ou vamos fracassar ou vamos vencer”resumiu. 

Isto significa, nas palavras do dirigente, que se não houver um trabalho de fundo, o movimento de libertação nacional corre o risco de extinção nas próximas eleições gerais.

© e-Global Notícias em Português
Comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Topo