Pixabay License Grátis para uso comercial Atribuição não requerida

Angola: Fome mata 46 crianças por dia

Mais de 76 mil crianças, todas menores de cinco anos, estiveram internadas nos hospitais públicos de Angola nos primeiros seis meses de 2020. O motivo deveu-se à desnutrição, tendo morrido 8.413 vítimas deste problema no país.

Pelo menos duas crianças menores de cinco anos morreram a cada uma hora, de janeiro a julho, por desnutrição. Este estado patológico causado pela ausência de ingestão ou absorção de nutrientes, cuja principal causa é a falta de alimentos, causou uma média de 46 óbitos diários. 

Os números foram avançados pela Direção Nacional de Saúde Pública (DNSP), através de um relatório. É ainda mencionado no documento que o país está sem ‘stock’ de produtos nutricionais terapêuticos. 

Pode igualmente ler-se que, das 76.480 crianças menores de cinco anos que deram entrada nos serviços de nutrição das unidades sanitárias do país, 11% faleceram. Tal equivale às já referidas 8.413 crianças. 

Quanto às restantes, 72% (55.066) tiveram alta, 11% (8.413) abandonaram o tratamento e 6% (4.589) não tiveram resposta no tratamento.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.




Artigos relacionados

Ucrânia e Rússia adiam negociações para esta quinta-feira

Ucrânia e Rússia adiam negociações para esta quinta-feira

As negociações entre a Ucrânia e a Rússia foram adiadas para esta quinta-feira, 03 de março.  A delegação ucraniana está…
Portugal agradece à Roménia apoio no repatriamento de portugueses e ucranianos

Portugal agradece à Roménia apoio no repatriamento de portugueses e ucranianos

O primeiro-ministro português, António Costa, manifestou publicamente ao Presidente da Roménia, Klaus Iohannis, a sua gratidão pelo apoio prestado na…
Guiné-Bissau: PGR quer vigilância acrescida a pessoas com enriquecimento anormal

Guiné-Bissau: PGR quer vigilância acrescida a pessoas com enriquecimento anormal

O Procurador-geral da República (PGR) pediu aos magistrados para estarem atentos às pessoas que procuram vias fáceis para enriquecer, às…
Moçambique: Oposição critica "silêncio" do Governo sobre invasão à Ucrânia

Moçambique: Oposição critica "silêncio" do Governo sobre invasão à Ucrânia

A Renamo e o MDM, partidos moçambicanos da oposição, condenam a invasão da Rússia à Ucrânia. Ambos criticam o “silêncio”…
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin