Angola: Frente Patriótica sem plano de candidaturas para as eleições

A Frente Patriótica Unida (FPU) ainda não decidiu sobre os moldes em que irá concorrer às eleições gerais de 2022, segundo o líder do Bloco Democrático, Filomeno Vieira Lopes. No entanto, já está decidido que Adalberto Costa Júnior será o candidato à Presidência da República de Angola e Abel Chivukuvuku à vice-presidência. 

Os dirigentes da UNITA, Costa Júnior, do Bloco Democrático, Vieira Lopes, e do projeto PRA-JA Servir Angola, Chivukuvuku, anunciaram nesta semana a formação da FPU. Resta saber como é que esta organização política se vai apresentar às eleições ao nível de listas eleitorais. 

De acordo com Vieira Lopes, cada passo dado vai ter sempre em linha de conta os obstáculos impostos e que podem surgir pelo poder instituído. Isto porque, explicou, da mesma maneira que o Tribunal Constitucional pode inviabilizar a UNITA e o seu líder, Costa Júnior, pode fazê-lo em relação ao seu próprio partido, o Bloco Democrático. 

“Nós estamos num Estado de arbitrariedade tal em que tudo pode acontecer. Tudo hoje depende da vontade do partido no poder”, criticou. 

Assim, as formas e modelos em que a FPU vai apresentar-se no pleito eleitoral poderão variar, uma vez que talvez tenham de ultrapassar as barreiras que surgirem durante o percurso. “A forma será aquela mais adequada em função das restrições que nos serão impostos por um poder arbitrário”, reiterou.

Deixe uma resposta




Artigos relacionados

Angola: Consulado de Portugal abre agendamento para pedido de vistos

Angola: Consulado de Portugal abre agendamento para pedido de vistos

Consulado Geral de Portugal em Luanda anunciou a abertura, no próximo mês de fevereiro, de agendamento para pedido de vistos.…
Timor-Leste: Menos de metade dos beneficiários receberam cesta básica

Timor-Leste: Menos de metade dos beneficiários receberam cesta básica

As autoridades timorenses distribuíram cestas básicas a menos de metade dos beneficiários previstos durante os primeiros seis meses de implementação…
Cabo Verde: Governo fortalece cerco à criminalidade

Cabo Verde: Governo fortalece cerco à criminalidade

A Assembleia Nacional de Cabo Verde aprovou na especialidade, por proposta do Governo, as novas alterações ao diploma que aperta…
África do Sul trava entrada ilegal de moçambicanos no país

África do Sul trava entrada ilegal de moçambicanos no país

As autoridades sul-africanas impediram a entrada ilegal de 40 moçambicanos no seu território, por ocasião do regresso de várias pessoas…