Angola

Angola: Governo angolano encaixa 31 mil milhões de Kwanzas com Propriv

O executivo angolano arrecadou 31 mil milhões de kwanzas, cerca de 92 milhões de dólares, com a venda de 14 activos, no quadro do Programa de Privatizações (Propriv) 2019/2022. Neste período foram lançados e concluídos quatro concursos, que permitiram a criação de 150 postos de trabalho directo e 320 indirectos.

De acordo com os dados avançados, na passada segunda feira, pela ministra das Finanças, Vera Daves, 23 empresas de referência nacional serão privatizadas ainda este ano. Entre os ativos a vender estão fábricas localizadas na Zona Económica Especial(ZEE) Luanda-Bengo, indústrias têxteis, empreendimentos agro-industriais, agro-pecuários e outras do sector financeiro.

Através do processo de privatização em curso, que envolve um conjunto de 195 empresas, o Estado angolano tem como objectivos garantir uma maior rentabilidade das empresas, mais postos de trabalho criados, assim como a dinamização da economia.

Atualmente está em fase final o concurso público da proposta de alienação das 13 unidades industriais da Zona Económica Especial (ZEE) Luanda-Bengo, que conta com 67 propostas de aquisição e irá permitir um encaixe calculado em 40 milhões de dólares.

© e-Global Notícias em Português
Comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Topo