Angola: Governo apela a partidos precaução contra Covid-19

O Governo angolano pediu aos partidos para que cumprissem “rigorosamente” as medidas de prevenção contra a Covid-19 nas atividades políticas de massa. Em resposta a este apelo, as formações políticas admitiram que tem havido “incumprimentos” e prometeram “mudar atuação”

O alerta acerca do incumprimento que tem acontecido no país foi feito pela ministra da Saúde, Sílvia Lutucuta, durante uma reunião que a Comissão Multissectorial de Prevenção e Combate à Covid-19 manteve nesta terça-feira com os partidos com assento parlamentar. 

A governante lembrou que o vírus “não conhece camisola política, classe económica, raça ou local de habitação”. Como tal, prosseguiu, o “comportamento ou a evolução da pandemia no nosso seio depende muito do comportamento que tivermos”

A sociedade civil já tinha criticado recentemente as organizações políticas, principalmente o MPLA e a UNITA, pelo facto de estas organizarem atividades públicas “sem o cumprimento das medidas de biossegurança”, como o distanciamento físico. 

Foi esta situação que originou a reunião entre a Comissão Multissectorial de Prevenção e Combate à Covid-19 e os cinco partidos com assento parlamentar.

Deixe uma resposta




Artigos relacionados

Moçambique: Chuvas matam três pessoas em Cabo Delgado

Moçambique: Chuvas matam três pessoas em Cabo Delgado

As chuvas intensas que caíram nos últimos dias, no distrito de Chiúre, região sul de Cabo Delgado, causaram a morte…
Cabo Verde: PR condena "actos violentos antidemocráticos" no Brasil

Cabo Verde: PR condena "actos violentos antidemocráticos" no Brasil

O Presidente da República de Cabo Verde, José Maria Neves, condenou neste domingo, 08 de janeiro, os “actos violentos antidemocráticos”…
Brasil: ONU condena tentativa de golpe contra a democracia brasileira

Brasil: ONU condena tentativa de golpe contra a democracia brasileira

A mais alta instância da diplomacia internacional emitiu um alerta sobre a crise vivida pelo Brasil. O secretário-geral da ONU,…
Cabo Verde: SINDPROF contra passagem automática dos alunos do 1º ao 4º ano

Cabo Verde: SINDPROF contra passagem automática dos alunos do 1º ao 4º ano

Lígia Herbert, Presidente do SINDPROF, reitera que “é urgente arrepiar caminhos e acabar com as passagens automáticas, para o bem…