Angola: Governo aprova plano de endividamento para 2022

A Comissão Económica do Conselho de Ministros de Angola aprovou nesta terça-feira, 25 de janeiro, o Plano Anual de Endividamento para 2022. Trata-se de um documento avaliado em 6.88 bilhões de kwanzas, dos quais 56% serão mobilizados via mercado externo e os restantes 44% via mercado interno.

A ministra das Finanças, Vera Daves, afirmou que se tratava de necessidades de financiamentos para o Orçamento Geral do Estado (OGE). No mercado interno, acrescentou, o Governo vai recorrer aos diferentes instrumentos representativos de dívidas do Estado.

As declarações da governante foram feitas no final da primeira Reunião Ordinária da Comissão Económica do Conselho de Ministros, orientada pelo Presidente da República, João Lourenço.

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *




Artigos relacionados

Maláui: Brigada Anticorrupção manda prender oito funcionários da Migração por suspeita de corrupção 

Maláui: Brigada Anticorrupção manda prender oito funcionários da Migração por suspeita de corrupção 

Oito funcionários do Departamento da Migração de Lilongue e mais dois civis foram, esta quinta-feira (11), detidos por suspeita de…
Portugal: Aposta na inovação no setor agroindustrial marcou celebração de 15 anos da InovCluster em Castelo Branco

Portugal: Aposta na inovação no setor agroindustrial marcou celebração de 15 anos da InovCluster em Castelo Branco

A InovCluster – Associação do Cluster Agroindustrial do Centro, uma das mais destacadas instituições no setor, localizada em Castelo Branco,…
Guiné-Bissau: Nabiam acusa Sissoco de pretender eliminar líderes políticos guineenses

Guiné-Bissau: Nabiam acusa Sissoco de pretender eliminar líderes políticos guineenses

O antigo Primeiro-ministro e líder da APU-PDGB, Nuno Gomes Nabiam, acusou, esta quinta-feira, 11 de Julho, o Presidente da República…
Moçambique: Actividade Económica continuou fechada na vila de Macomia enquanto FADM justifica a razão da morte de um comerciante local 

Moçambique: Actividade Económica continuou fechada na vila de Macomia enquanto FADM justifica a razão da morte de um comerciante local 

Na terça-feira (9) a vila de Macomia, centro de Cabo Delgado, ficou agitada na sequência de uma manifestação da população…