Angola: Governo fundiu e extinguiu Institutos Públicos

A Comissão Interministerial para a Reforma do Estado aprovou nesta terça-feira, 24 de junho, na sua primeira reunião, a transformação, fusão e extinção de diversos institutos públicos.

Além de racionalizar a Administração Pública, a medida tem como objetivo evitar a duplicidade dos serviços públicos e tornar mais eficientes e eficazes as estruturas administrativas.

A comissão aprovou um estudo sobre a reforma do procedimento para a concessão do Estatuto de Utilidade Pública, no âmbito da melhoria da qualidade da despesa pública.

Este estudo propõe novas regras para a concessão do referido estatuto, bem como a reapreciação da atividade das pessoas coletivas de utilidade pública segundo o cumprimento dos seus deveres e obrigações, além de sugerir condicionar a continuidade do estatuto e a disponibilização de recursos financeiros do Orçamento Geral do Estado à apresentação de “projetos específicos relevantes e devidamente fundamentados”.

No quadro da desburocratização de procedimentos administrativos, a Comissão aprovou um Memorando para a elaboração do Projeto de Simplificação de Procedimentos da Administração Pública, abreviadamente designado “SIMPLIFICA”, que visa remover os embaraços administrativos às iniciativas privadas, desburocratizar a cadeia de decisão de questões que afetem diretamente a vida do cidadão, privilegiar a desmaterialização dos actos e procedimentos nas relações entre a Administração e o particular, e na integração dos serviços públicos independentes.

Deixe uma resposta




Artigos relacionados

Brasil: como o mundo virtual está a mobilizar divergências políticas no país

Brasil: como o mundo virtual está a mobilizar divergências políticas no país

As redes sociais têm sido o ambiente preferido dos apoiantes de Jair Bolsonaro, ex-presidente do Brasil, para se mobilizarem. No…
STP: Assalto ao Quartel das Forças Armadas

STP: Assalto ao Quartel das Forças Armadas

Para os santomenses uma das prioridades é conhecer rapidamente o desfecho da investigação relacionada com os acontecimentos de 25 de…
STP: Frente Unida dos Partidos Políticos de Oposição desconfia das investigações

STP: Frente Unida dos Partidos Políticos de Oposição desconfia das investigações

A oposição vai introduzir uma moção de censura ao XVIII governo constitucional, na sequência dos acontecimentos de 25 de novembro…
Moçambique: Delegado da INAE de Nampula preso por corrupção

Moçambique: Delegado da INAE de Nampula preso por corrupção

O delegado da Inspeção Nacional das Atividades Económicas (INAE) de Nampula foi detido esta quinta-feira, 12 de janeiro, por ordens…