Angola

Angola: Governo quer criar 83 mil empregos até 2021

A ministra da Administração Pública, Trabalho e Segurança Social (MAPTSS) de Angola, Teresa Dias, afirmou que o Governo prevê criar, até 2021, cerca de 83 mil empregos diretos para os jovens. 

O anúncio foi feito em Luanda, no acto de lançamento da campanha de divulgação dos feitos do Executivo, apresentada pelo Movimento Nacional Angola Avante (MONAA). 

Ainda de acordo com a governante, o Programa de Acção de Promoção de Empregabilidade já está a ser concretizado nas províncias do Uíge, Namibe e Cuando Cubango e Huíla. Tal decorre através de ações de microcrédito, autoemprego com kits de empregabilidade e também formação profissional. 

Teresa Dias reconheceu as dificuldades do país, que pioraram devido à pandemia da Covid-19e aproveitou a ocasião para aconselhar as empresas a não despedirem trabalhadores sem justa causa. 

“Tem sido um desafio enorme, nesta fase, conseguir garantir a manutenção e aumento da empregabilidade. O novo coronavírus trouxe muitas consequências e o desemprego é uma delas”partilhou. 

Segundo o MONAA, o Governo enquadrou, nos setores da Educação, 300 mil novos professores e funcionários administrativos. Na Saúde registaram-se sete mil funcionários, entre médicos, enfermeiros, técnicos médios de enfermagem, farmacêuticos, analistas, auxiliares de limpeza, técnicos de raio X e especialistas em diversas áreas. Já na Justiça foram colocados três mil funcionários e 12 mil cadetes nos institutos de ensino militar.

© e-Global Notícias em Português
Comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Topo