Angola

Angola: Inflação atinge valor mais alto desde 2017

A inflação em Angola atingiu em 2020 o valor mais alto desde 2017 e irá continuar elevada em 2021, de acordo com a consultora NKC African Economics. Tal deve-se à forte dependência dos produtos importados e à depreciação do kwanza, explicou.

“A inflação aumentou nos primeiros 11 meses deste ano, apesar das fracas condições económicas globais e locais, que resultaram principalmente da queda dos preços do petróleo este ano e da liberalização cambial de 2019 e que fizeram com que o kwanza tenha perdido 26% do seu valor desde o princípio do ano”, escreveram os analistas num comentário ao aumento de 1,99% da inflação em novembro face a outubro e de 24,9% nos últimos 12 meses.

“A depreciação do kwanza vai continuar a colocar pressão nos preços dos consumidores, devido à forte dependência de Angola dos bens importados, que é evidente pelo facto de a maior parte da inflação ser motivada pelo aumento dos preços alimentares”, é igualmente mencionado por analistas numa nota enviada aos clientes.

Também segundo os mesmos especialistas, “a implementação gradual do novo Impostos sobre o Valor Acrescentado (IVA), de 14%, bem como o aumento previsto nas propinas do ensino superior, vão colocar mais pressão na inflação em 2021”.

© e-Global Notícias em Português
Comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Topo