Angola: Inflação aumentou para 22% em julho

O Índice de Preços no Consumidor Nacional (IPCN) em Angola aumentou para 22% em julho. Esta inflação representa um acréscimo de 5,69% face ao período homólogo, de acordo com os dados divulgados pelo Instituto Nacional de Estatística (INE) do país.

A mesma entidade divulga que a classe “Alimentação e Bebidas não Alcoólicas” foi a que mais contribuiu para o aumento de preços, com 1,02% durante o mês de julho. Depois seguiram-se as classes “Bens e Serviços Diversos” (0,14%), “Vestuário e Calçado” (0,13%) e “Mobiliário, Equipamento Doméstico e Manutenção” (0,12%).

O INE mencionou igualmente a incidência inflacionária dos 24 produtos selecionados do cabaz de compras que mais contribuíram para a taxa de variação do IPCN. No conjunto representam 7% do total, mas concentram cerca de 45,88% da taxa global de variação da inflação.

Destacaram-se os aumentos dos serviços de táxi coletivo, a massa de tomate, o creme corporal e o pano ‘superwax’. Alimentos como arroz, óleo de soja, frango, carne bovina, cebola, sal e pão carcaça tiveram variações superiores a 2%.

Em termos mensais, a inflação registou uma variação de 1,78%, entre junho e julho.

Os bens e serviços que registaram as taxas mais elevadas pertencem às classes “Hotéis, Cafés e Restaurantes” (2,82%), “Bens e Serviços Diversos”, (2,09%), “Alimentação e Bebidas não Alcoólicas” (2,08%) e “Bebidas Alcoólicas e Tabaco” (2,03%).

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *




Artigos relacionados

Moçambique: PM observa impacto da depressão tropical Ana em Nampula

Moçambique: PM observa impacto da depressão tropical Ana em Nampula

O primeiro-ministro moçambicano, Carlos Agostinho do Rosário, inicia nesta quarta-feira, 26 de janeiro, uma visita de trabalho à província de…
Cabo Verde: PAICV diz que falta de voos domésticas e custos elevados são grandes obstáculos ao desenvolvimento económico

Cabo Verde: PAICV diz que falta de voos domésticas e custos elevados são grandes obstáculos ao desenvolvimento económico

A declaração foi feita pelo porta-voz da Bancada parlamentar do PAICV, Walter Évora, durante a conferência de imprensa de balanço…
Angola: Governo aprova plano de endividamento para 2022

Angola: Governo aprova plano de endividamento para 2022

A Comissão Económica do Conselho de Ministros de Angola aprovou nesta terça-feira, 25 de janeiro, o Plano Anual de Endividamento…
Brasil e China não renovam acordos que promovem as relações comerciais entre os dois países

Brasil e China não renovam acordos que promovem as relações comerciais entre os dois países

Com conversas que se arrastam desde 2019, os governos de Brasil e China não conseguiram renovar a tempo os dois…
Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin