Angola: Isabel dos Santos perde ação judicial na Holanda

A empresária angolana Isabel dos Santos perdeu a ação na justiça holandesa, onde reclamava o afastamento do administrador judicial indicado para a Esperaza Holding. Esta tem, em conjunto com a Sonangol e a Exem Energy, uma participação indireta na Galp Energia. 

A Exem Energy tinha como acionista o falecido marido da empresária, Sindika Dokolo. Esta empresa, controlada por Isabel dos Santos, reclamou a 21 de maio o afastamento de Camilo Schutte como administrador judicial da Esperaza Holding, numa tentativa de invalidar o relatório elaborado por Schutte. 

O documento dava suporte às pretensões do Estado angolano de afastar a Exem Energy e Isabel dos Santos da Esperaza, dando à Sonangol o controlo exclusivo desta empresa, que detém 45% da Amorim Energia, sociedade que controla 33,34% da Galp.  

Sabe-se agora que a justiça holandesa recusou o recurso da Exem, que pedia o afastamento de Shutte. A decisão foi revelada esta semana pelo Consórcio Internacional de Jornalistas de Investigação (ICIJ), responsável pela publicação do caso “Luanda Leaks”.  

O administrador indicado para a Esperaza elaborou um relatório que pode levar a justiça da Holanda a declarar como nulo o acordo mediante o qual, em 2006, a Exem assegurou a compra de uma participação indireta de 6% na Galp. 

Deixe uma resposta




Artigos relacionados

Moçambique: Chuvas matam três pessoas em Cabo Delgado

Moçambique: Chuvas matam três pessoas em Cabo Delgado

As chuvas intensas que caíram nos últimos dias, no distrito de Chiúre, região sul de Cabo Delgado, causaram a morte…
Cabo Verde: PR condena "actos violentos antidemocráticos" no Brasil

Cabo Verde: PR condena "actos violentos antidemocráticos" no Brasil

O Presidente da República de Cabo Verde, José Maria Neves, condenou neste domingo, 08 de janeiro, os “actos violentos antidemocráticos”…
Brasil: ONU condena tentativa de golpe contra a democracia brasileira

Brasil: ONU condena tentativa de golpe contra a democracia brasileira

A mais alta instância da diplomacia internacional emitiu um alerta sobre a crise vivida pelo Brasil. O secretário-geral da ONU,…
Cabo Verde: SINDPROF contra passagem automática dos alunos do 1º ao 4º ano

Cabo Verde: SINDPROF contra passagem automática dos alunos do 1º ao 4º ano

Lígia Herbert, Presidente do SINDPROF, reitera que “é urgente arrepiar caminhos e acabar com as passagens automáticas, para o bem…