Angola já não pertence à lista de países com segurança alimentar em África

Angola foi excluída do conjunto de 20 países africanos com reserva alimentar, que integram uma lista divulgada pelo Índice Global de Segurança Alimentar (GFSI, sigla em inglês). 

Moçambique ainda consta dessa lista, que é referente ao ano de 2022, estando em 16.º lugar. 

A elaboração do documento foi feita com base na acessibilidade e disponibilidade de bens alimentares, além da qualidade e segurança dos mesmos. Também os recursos naturais e resiliência constam dos critérios analisados pelo GFSI. 

Além de Moçambique, a lista é composta por Marrocos, que lidera, seguido da África do Sul, Tunísia, Argélia, Egipto, Quénia, Ghana, Mali, Senegal, Ruanda, Burkina Faso, Beni, Uganda, Tanzânia, Costa do Marfim, Camarões, Níger e Togo.

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *




Artigos relacionados

Maláui: Brigada Anticorrupção manda prender oito funcionários da Migração por suspeita de corrupção 

Maláui: Brigada Anticorrupção manda prender oito funcionários da Migração por suspeita de corrupção 

Oito funcionários do Departamento da Migração de Lilongue e mais dois civis foram, esta quinta-feira (11), detidos por suspeita de…
Portugal: Aposta na inovação no setor agroindustrial marcou celebração de 15 anos da InovCluster em Castelo Branco

Portugal: Aposta na inovação no setor agroindustrial marcou celebração de 15 anos da InovCluster em Castelo Branco

A InovCluster – Associação do Cluster Agroindustrial do Centro, uma das mais destacadas instituições no setor, localizada em Castelo Branco,…
Guiné-Bissau: Nabiam acusa Sissoco de pretender eliminar líderes políticos guineenses

Guiné-Bissau: Nabiam acusa Sissoco de pretender eliminar líderes políticos guineenses

O antigo Primeiro-ministro e líder da APU-PDGB, Nuno Gomes Nabiam, acusou, esta quinta-feira, 11 de Julho, o Presidente da República…
Moçambique: Actividade Económica continuou fechada na vila de Macomia enquanto FADM justifica a razão da morte de um comerciante local 

Moçambique: Actividade Económica continuou fechada na vila de Macomia enquanto FADM justifica a razão da morte de um comerciante local 

Na terça-feira (9) a vila de Macomia, centro de Cabo Delgado, ficou agitada na sequência de uma manifestação da população…