Angola: JES defende diálogo com Costa Júnior

O ex-Presidente angolano José Eduardo dos Santos defende um diálogo com o líder da UNITA, Adalberto Costa Júnior. O antigo governante considera contraproducente recorrer a instituições do Estado, como tribunais, para marginalizar o dirigente do maior partido da oposição no país. 

Segundo o “Club-K”, Eduardo dos Santos é descrito como estando como a “moral alta e psicologicamente lúcido”, apesar de se encontrar fisicamente debilitado. 

Recorde-se que, na altura em que era chefe de Estado, foi a dialogar com Isaías Samakuva, ex-presidente da UNITA, que dos Santos terá mantido a paz no país. O diálogo era priorizado sempre que os partidos de ambos tivessem controvérsias nas discussões de diplomas legais ou em outros diferendos. 

Marginalizar adversários políticos através de instituições traz consequências para a imagem do Estado, considera José Eduardo dos Santos, que fará brevemente uma comunicação à nação angolana.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.




Artigos relacionados

Moçambique: Autarquias locais mantêm dependência do OE

Moçambique: Autarquias locais mantêm dependência do OE

O presidente da Comissão de Administração Pública e Poder Local da Assembleia da República de Moçambique, Francisco Mucanheia, chefiou um…
Timor-Leste: Construção do Porto de Tíbar alcançou os 72% em 2021

Timor-Leste: Construção do Porto de Tíbar alcançou os 72% em 2021

O Ministério das Finanças de Timor-Leste informou, através de um documento, que a construção do Porto de Tíbar chegou a 72%…
Moçambique: Paralisação de fábricas de processamento de castanha de cajú empurra mais de 17 mil pessoas para o desemprego em Nampula

Moçambique: Paralisação de fábricas de processamento de castanha de cajú empurra mais de 17 mil pessoas para o desemprego em Nampula

Na província moçambicana de Nampula, 17.182 trabalhadores foram empurrados para o desemprego nos dois últimos anos na sequência da paralisação…
Presidente da Rússia pede a Exército ucraniano para tomar o poder

Presidente da Rússia pede a Exército ucraniano para tomar o poder

O Presidente russo, Vladimir Putin, apelou ao Exército ucraniano para que retirasse o apoio ao Governo ucraniano, o que significa…
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin