Angola: João Lourenço assegura eleições em 2022

O Presidente de Angola, João Lourenço, garantiu que as eleições gerais vão ser realizadas em 2022, conforme está agendado. A confirmação contrariou assim os receios de alguns políticos da oposição, que diziam estar céticos sobre o sufrágio ocorrer na data prevista.

As declarações do chefe de Estado foram feitas aos jornalistas após uma visita às obras da futura sede da Comissão Nacional Eleitoral (CNE). João Lourenço aproveitou a ocasião para falar sobre dois temas da atualidade, nomeadamente as alegações de alguns políticos da oposição segundo as quais o debate sobre a possível nova divisão político-administrativa do país é um expediente encontrado pelo Executivo para adiar as eleições gerais do próximo ano e a polémica à volta da nomeação da nova Juíza Presidente do Tribunal Constitucional.

Para o governante, não faz qualquer sentido interligar a realização das eleições com a ideia de se modificar a estrutura administrativa do país, algo que ainda nem sequer se sabe quando acontecerá. “Se estamos a criar condições materiais para as eleições, é porque queremos e vamos realizá-las”, frisou.

Quanto à escolha da antiga secretária de Estado Laurinda Cardoso para dirigir o Tribunal Constitucional, o Presidente desafiou aqueles que criticam a decisão para que apontassem onde foi que o chefe de Estado desrespeitou a Constituição da República ou qualquer outra lei.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.




Artigos relacionados

Moçambique: IESE diz que Covid-19 não foi principal causa de recessão do país

Moçambique: IESE diz que Covid-19 não foi principal causa de recessão do país

O Instituto de Estudos Sociais e Económicos (IESE) considera que a Covid-19 não foi a principal causa da recessão económica em Moçambique.…
Guiné-Bissau: Presidente exonera Chefe de Estado-maior da armada e vice do Exército

Guiné-Bissau: Presidente exonera Chefe de Estado-maior da armada e vice do Exército

Segundo uma nota do Gabinete de Comunicação da Presidência da República, citando o Decreto Presidencial, “é o Contra Almirante, Carlos…
Timor-Leste: Elaboração do Plano de Urbanização de Díli aprovada

Timor-Leste: Elaboração do Plano de Urbanização de Díli aprovada

O Conselho de Ministros de Timor-Leste aprovou a elaboração do Plano de Urbanização de Díli. O objetivo é melhorar a…
Angola: Governo aprova mais de 15 mil milhões de kwanzas para Agricultura e Pescas

Angola: Governo aprova mais de 15 mil milhões de kwanzas para Agricultura e Pescas

O ministro da Agricultura e Pescas de Angola, António Francisco de Assis, informou que foram aprovados mais de 15 mil…
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin