Angola: João Lourenço assegura eleições gerais em 2022

O Presidente angolano, João Lourenço, garantiu neste sábado, 12 de setembro, a realização das eleições gerais em 2022. Segundo o próprio, o ciclo eleitoral estabelecido na Constituição de Angola será então cumprido.

O governante lembrou, em declarações à imprensa, que Angola realiza as eleições gerais a cada 5 anos. É através destas que é assim nomeado um novo Presidente da República e também deputados à Assembleia Nacional.

“O país entrou numa rotina em que, em cada 5 anos, faça sol ou chuva, haverá eleições gerais”, frisou.

João Lourenço foi igualmente questionado sobre a provável criação de uma Frente Patriótica, pela oposição política, para concorrer às próximas eleições gerais. Em resposta, afirmou que os partidos políticos estão no seu direito de “chamar os amigos e vizinhos” para ajudarem a derrotar o adversário.

Em relação ao adiamento das eleições autárquicas, que iriam ser efetuadas neste ano, voltou a dizer que o Conselho da República considerou não haver ainda condições para a realização das mesmas. Tal deve-se a algumas condições prévias não estarem totalmente finalizadas.

A título de exemplo, mencionou o registo eleitoral oficioso e o pacote legislativo autárquico, que estão por concluir.

O chefe de Estado sublinhou que “não há culpados” pelo adiamento do sufrágio. Tanto o Executivo como a Assembleia Nacional estão a trabalhar no sentido de reunir condições para que tal se realize, assegurou.

6 Comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *




Artigos relacionados

Brasil: Casa das Beiras do Rio de Janeiro assina protocolo com a Câmara de Comércio da Região das Beiras em Portugal

Brasil: Casa das Beiras do Rio de Janeiro assina protocolo com a Câmara de Comércio da Região das Beiras em Portugal

A Casa das Beiras do Rio de Janeiro, no Brasil, assinou um protocolo de colaboração institucional com a Câmara de…
Moçambique: Presidente da República alivia medidas contra a covid-19 mas não baixa a guarda

Moçambique: Presidente da República alivia medidas contra a covid-19 mas não baixa a guarda

O Presidente da República, Filipe Nyusi, decidiu esta quarta-feira manter o decreto 34/2021 de 20 de Dezembro, sobre as medidas…
Tecnologia de descarbonização converte instantaneamente CO2 em carbono sólido

Tecnologia de descarbonização converte instantaneamente CO2 em carbono sólido

Investigadores australianos desenvolveram uma nova maneira inteligente e supereficiente de capturar dióxido de carbono e convertê-lo em carbono sólido, o…
Afeganistão considerado pior país do mundo para cristãos

Afeganistão considerado pior país do mundo para cristãos

O Afeganistão tornou-se o pior país do mundo para os cristãos desde que os talibãs subiram ao poder. Este território…
Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin