Angola: João Lourenço é candidato único à presidência do MPLA

O atual líder do MPLA, João Lourenço, é o único candidato à presidência do partido no poder em Angola. O anúncio foi feito pela subcomissão de candidaturas da comissão organizadora do VIII Congresso Ordinário nesta terça-feira, 09 de novembro, em Luanda, segundo a “Angop”. 

Joaquim Mingueis, membro da subcomissão de candidaturas, disse em conferência de imprensa que a apresentação de candidaturas ao cargo de presidente do MPLA decorreu de 20 de outubro a 05 de novembro de 2021. Nesse período, continuou, foram garantidas as condições organizativas para a recepção de candidaturas. 

No entanto, acrescentou, apenas uma candidatura foi apresentada, a 27 de outubro. Trata-se da candidatura de João Lourenço. De acordo com Mingueis, o político em questão possui capacidade eleitoral ativa por não estar abrangido por qualquer inelegibilidade ou incompatibilidade nos termos do artigo 103 dos estatutos do MPLA. 

A candidatura do atual Presidente da República apresentou 21.890 assinaturas de militantes em pleno gozo dos seus direitos estatutários e a formalização da mesma fez-se acompanhar da respetiva moção de estratégia. 

Neste âmbito, João Lourenço deverá realizar a campanha eleitoral entre 23 de novembro e 07 de dezembro. Recorde-se que o VIII Congresso Ordinário do MPLA está agendado para decorrer de 09 a 11 de dezembro.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.




Artigos relacionados

MPLA, FRELIMO, ANC e SWAPO querem formação contínua dos militantes

MPLA, FRELIMO, ANC e SWAPO querem formação contínua dos militantes

Militantes e delegados dos partidos MPLA (Angola), FRELIMO (Moçambique), ANC (África do Sul) e SWAPO (Namíbia) terminam neste sábado, 26…
Moçambique: Autarquias locais mantêm dependência do OE

Moçambique: Autarquias locais mantêm dependência do OE

O presidente da Comissão de Administração Pública e Poder Local da Assembleia da República de Moçambique, Francisco Mucanheia, chefiou um…
Timor-Leste: Construção do Porto de Tíbar alcançou os 72% em 2021

Timor-Leste: Construção do Porto de Tíbar alcançou os 72% em 2021

O Ministério das Finanças de Timor-Leste informou, através de um documento, que a construção do Porto de Tíbar chegou a 72%…
Moçambique: Paralisação de fábricas de processamento de castanha de cajú empurra mais de 17 mil pessoas para o desemprego em Nampula

Moçambique: Paralisação de fábricas de processamento de castanha de cajú empurra mais de 17 mil pessoas para o desemprego em Nampula

Na província moçambicana de Nampula, 17.182 trabalhadores foram empurrados para o desemprego nos dois últimos anos na sequência da paralisação…
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin