Angola: João Lourenço mais próximo de José Eduardo dos Santos

A proximidade entre o Presidente de Angola, João Lourenço, e o seu antecessor, José Eduardo dos Santos, tem aumentado desde que este último regressou ao país, após dois anos de ausência. 

Esta relação entre ambos tem feito “cair por terra” as especulações da existência de um “clima negro”. A informação foi divulgada à imprensa por uma fonte do Palácio Presidencial de Angola. 

Segundo essa fonte, João Lourenço terá solicitado a José Eduardo dos Santos que persuadisse a sua filha e empresária Isabel dos Santos a parar com os apoios que esta tem dado ao presidente destituído da UNITA, Adalberto Costa Júnior. Para o atual chefe de Estado, esse é, alegadamente, um passo fundamental para serem ultrapassar as divergências ainda existentes entre a empresária e o MPLA, partido no poder

A um ano das eleições gerais, previstas para 2022, José Eduardo dos Santos parece ter mostrado, alegadamente, estar disponível para apoiar o Presidente angolano e líder do MPLA na união entre os militantes da formação política, da base ao topo. O objetivo é que o MPLA consiga vencer as próximas eleições. 

Isabel dos Santos está a ter, supostamente, um envolvimento direto na campanha que visa derrotar o MPLA e o seu dirigente, João Lourenço, nas próximas eleições. José Eduardo dos Santos terá descoberto o plano na altura em que esteve com a filha no Dubai e, também de acordo com a mesma fonte, pediu-lhe que desistisse desse plano, algo que estará a causar mal-estar na relação entre pai e filha.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.




Artigos relacionados

MPLA, FRELIMO, ANC e SWAPO querem formação contínua dos militantes

MPLA, FRELIMO, ANC e SWAPO querem formação contínua dos militantes

Militantes e delegados dos partidos MPLA (Angola), FRELIMO (Moçambique), ANC (África do Sul) e SWAPO (Namíbia) terminam neste sábado, 26…
Moçambique: Autarquias locais mantêm dependência do OE

Moçambique: Autarquias locais mantêm dependência do OE

O presidente da Comissão de Administração Pública e Poder Local da Assembleia da República de Moçambique, Francisco Mucanheia, chefiou um…
Timor-Leste: Construção do Porto de Tíbar alcançou os 72% em 2021

Timor-Leste: Construção do Porto de Tíbar alcançou os 72% em 2021

O Ministério das Finanças de Timor-Leste informou, através de um documento, que a construção do Porto de Tíbar chegou a 72%…
Moçambique: Paralisação de fábricas de processamento de castanha de cajú empurra mais de 17 mil pessoas para o desemprego em Nampula

Moçambique: Paralisação de fábricas de processamento de castanha de cajú empurra mais de 17 mil pessoas para o desemprego em Nampula

Na província moçambicana de Nampula, 17.182 trabalhadores foram empurrados para o desemprego nos dois últimos anos na sequência da paralisação…
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin