Angola: Juventude da UNITA reunida no IV Congresso Ordinário da JURA

O IV Congresso Ordinário da Juventude Unida Revolucionária de Angola (JURA), da UNITA, começa hoje, 08 de novembro, em Viana, arredores de Luanda, tendo como lema “Nova etapa, nova dinâmica, para a vitória”. Esta frase é alusiva à eleição do novo secretário-geral da JURA durante o congresso, que irá terminar no domingo, 11 de novembro.

Ao cargo de secretário-geral concorrem oito candidatos, sendo Elsa Pataco o número 1 no boletim de voto, seguida de Rafael Mukanda, António das Dores, Manuel da Costa “Nelito” Ekuikui, Agostinho Kamuango, Alicerces Bartolomeu “Aly Mango” (atual secretário-geral), Samuel “Kafu” Sabino e Oseias Chilemba. Para a Comissão Nacional Eleitoral do IV congresso da JURA, o elevado número de candidatos significa “um forte sinal de democracia interna”.

A campanha eleitoral teve início no dia 13 de outubro e terminou esta terça-feira, 06 de novembro. Prevê-se uma disputa renhida entre os oito candidatos que querem conquistar o cargo de secretário-geral da JURA. Ainda assim, as figuras que se têm destacado mais recentemente foram “Nelito” Ekuikui, o deputado mais jovem da Assembleia Nacional, Elsa Pataco, a única mulher a concorrer ao lugar, e Kafú Sabino.

Cabe aos mais de 300 delegados provenientes de todas as províncias do país, alguns do exterior, decidirem qual será o novo secretário-geral que irá defender a juventude da UNITA. Os delegados podem querer manter Aly Mango no poder ou arriscar na eleição de uma nova personalidade para dirigir a JURA.

Deixe uma resposta




Artigos relacionados

Guiné-Bissau: Governo extingue feriados nacionais e é acusado de violar a lei e a história

Guiné-Bissau: Governo extingue feriados nacionais e é acusado de violar a lei e a história

O Governo guineense através do Decreto nº 1/2023 de 19 de Janeiro determinou que 23 de Janeiro, outrora dia dos…
Moçambique: MONARUMO defende isenção do IVA para água e energia

Moçambique: MONARUMO defende isenção do IVA para água e energia

O Movimento Nacional para Recuperação da Unidade Moçambicana (MONARUMO) comentou a recente diminuição do Imposto sobre o Valor Acrescentado (IVA),…
Angola garante usar 77% de energia renovável até 2027

Angola garante usar 77% de energia renovável até 2027

O chefe de Estado angolano, João Lourenço, assumiu o compromisso de o país usar 77% de energia renovável até 2027. …
Cabo Verde: Turismo e privatizações financiam fundo contra pobreza extrema

Cabo Verde: Turismo e privatizações financiam fundo contra pobreza extrema

O turismo e privatizações em Cabo Verde decidiram financiar o fundo MAIS, definido pelo Governo e criado com o objetivo…