Angola: Líder da UNITA impõe regras a deputados para intervirem no Parlamento

As intervenções dos deputados do grupo parlamentar da UNITA passaram a ter que ser primeiramente aprovadas pela direção do partido a partir do dia 23 deste mês de janeiro, antes de poderem ser apresentadas na Assembleia Nacional. Esta trata-se de uma medida de precaução contra eventuais “pronunciamentos descoordenados”.

A decisão foi tomada durante uma reunião do grupo parlamentar, realizada a 21 deste mês e orientada pelo líder da formação política, Adalberto Costa Júnior, durante a qual ficou decidido que os deputados devem remeter por escrito as suas intervenções, com o objetivo de passarem pelo crivo para serem homologadas.

Foi o dirigente da UNITA quem deu esta ideia, justificada pelo facto de ser necessário haver uma sincronização de todas as intervenções para o público acompanhar o desempenho da bancada parlamentar durante as sessões no Parlamento, que começaram a ser transmitidas em direto pela Televisão Pública de Angola (TPA) e pela Rádio Nacional de Angola (RNA).

No entanto, segundo a fonte que partilhou esta informação após ter participado na referida reunião, a nova medida não foi acolhida com agrado por parte dos deputados, que consideram que a mesma atenta contra a liberdade de expressão dentro da própria organização política, que alega ser uma formação cujo estandarte é a democracia, que consagra valores como a liberdade de se expressar livremente.

Apesar de não estarem contentes com a ideia do dirigente, não existe um pronunciamento aberto contra a decisão, uma vez que há pena de incorrerem em acto de desobediência, de acordo com os estatutos do partido. Ainda assim, a implementação desta medida poderá não ter sucesso, uma vez que um grupo de 18 deputados pretende contestá-la numa carta, que remeterá nos próximos dias a Adalberto Costa Júnior, através do grupo parlamentar, dirigido atualmente por Liberty Chyiaka.

Deixe uma resposta




Artigos relacionados

Brasil: Autoridades europeias criticam atos de vandalismo

Brasil: Autoridades europeias criticam atos de vandalismo

O presidente da Comissão dos Assuntos Externos do Parlamento Europeu, David McAllister, o presidente da Delegação à Assembleia Parlamentar Euro-Latino-Americana,…
Brasil: Governador do Rio de Janeiro cria grupo para monitorizar e evitar ataques de vândalos

Brasil: Governador do Rio de Janeiro cria grupo para monitorizar e evitar ataques de vândalos

Claudio Castro, governador do Estado do Rio de Janeiro, no Brasil, esteve em Brasília com governadores e representantes das 27…
Brasil: agressões a jornalistas “preocupa” membros do governo

Brasil: agressões a jornalistas “preocupa” membros do governo

O ministro-chefe da Secretaria de Comunicação Social da Presidência da República (SECOM) do Brasil, Paulo Pimenta, disse que existe “o…
Timor-Leste: Governo introduz voto postal no estrangeiro para as legislativas

Timor-Leste: Governo introduz voto postal no estrangeiro para as legislativas

O Conselho de Ministros de Timor-Leste aprovou uma proposta de alteração à lei das eleições para o Parlamento. Esta visa…