Angola

Angola: Líder da UNITA nega que todos os problemas do país sejam “da responsabilidade da família dos Santos”

Adalberto Costa Júnior

O líder da UNITA, Adalberto Costa Júnior, defende que a responsabilidade dos problemas de Angola não pertence apenas ao antigo Presidente da República José Eduardo dos Santos e à família do ex-governante, devendo ser partilhada com outros dirigentes do MPLA, entre os quais o atual dirigente do partido no poder, João Lourenço.

Para o político não é correta a postura que muitos adotam em relação a considerarem que a culpa de todos os problemas atuais do país sejam do antigo Chefe de Estado, tendo dado como exemplo o facto de o atual Presidente angolano, João Lourenço, ter sido vice-presidente da Assembleia Nacional, ministro da Defesa, secretário-geral do MPLA, secretário da Informação e membro permanente do Bureau Político, a estrutura de topo da tomada de decisões estratégicas.

Como tal, ajuntou, não é possível retirar as culpas a um indivíduo que ocupou sempre cargos de chefia estratégica, além de ter relembrado que a equipa que governa atualmente é a mesma do tempo de José Eduardo dos Santos.

Em relação à formação política que representa, Costa Júnior afirmou que vai trabalhar para que a UNITA seja alternativa ao poder, começando esta luta nas eleições autárquicas, previstas para o próximo ano, e passando a mesma pelas eleições gerais de 2022.

O dirigente, que foi eleito para presidente no último congresso do maior partido na oposição, realizado de 13 a 15 de novembro, realizou uma atualização dos seus programas de governação com o objetivo de se aproximar dos cidadãos. A aposta tem como focos principais a formação da juventude e o empoderamento das mulheres.

© e-Global Notícias em Português
Comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Topo