Angola: Mais de 24 mil ex-militares vão beneficiar de ajuda da Caixa Social

O Ministério da Defesa Nacional de Angola está a implementar, por via da Caixa Social das Forças Armadas Angolanas (FAA), um plano estratégico e de negócios que prevê beneficiar mais de 24 mil antigos militares e respetivos dependentes.

Esta medida tem como objetivo tornar a Caixa Social das FAA menos dependente do Orçamento Geral do Estado (OGE), elevando a capacidade de gerar renda extra para as famílias e emprego para os jovens dependentes dos ex-militares.

Segundo o ministro da Defesa Nacional, Salviano Sequeira, o plano estratégico aprovado pela Comissão Económica do Conselho de Ministros quer atrair investidores nacionais e estrangeiros em áreas como a agricultura, indústria, turismo, imobiliário, saúde e energias renováveis.

O governante afirmou que em 2019 foram inseridos 9.108 beneficiários no sistema de pagamentos da Caixa Social das FAA, numa altura em que a instituição conta com um total de 72.259 pensionistas. Quanto aos compromissos internacionais, realçou as ações de fortalecimento da cooperação no domínio da defesa e segurança com os países vizinhos e os parceiros estratégicos de Angola.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.




Artigos relacionados

Cabo Verde interessado em consolidar desenvolvimento sustentável com Portugal

Cabo Verde interessado em consolidar desenvolvimento sustentável com Portugal

O primeiro-ministro cabo-verdiano, Ulisses Correia e Silva, partilhou publicamente a vontade de consolidar o processo de desenvolvimento sustentável em Cabo…
Angola considera "excelentes" as relações com Portugal

Angola considera "excelentes" as relações com Portugal

O Ministério das Relações Exteriores de Angola afirma, através de uma nota de imprensa oficial, que as relações comerciais com…
Banco de Moçambique cancela registo de 15 operadores de microcrédito

Banco de Moçambique cancela registo de 15 operadores de microcrédito

O Banco de Moçambique decidiu cancelar o registo de 15 operadores de microcrédito. Estes passam a estar assim proibidos de…
Cabo Verde e Suíça decidem facilitar vistos de curta duração

Cabo Verde e Suíça decidem facilitar vistos de curta duração

Cabo Verde e Suíça acordaram que vão facilitar a emissão de vistos de curta duração, divulgou o Ministério dos Negócios…
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin