Angola: Ministério das Relações Exteriores proíbe denúncias sobre corrupção

O Ministério das Relações Exteriores de Angola decidiu exonerar todos os funcionários que recorressem às redes sociais para exporem “conteúdos institucionais” relacionados com o volume de denúncias sobre alegados casos de desvios de fundos nas missões diplomáticas. 

Numa circular datada de 04 de janeiro, o referido ministério partilhou que existiam funcionários que tinham vindo a fazer um uso abusivo das redes sociais para exporem “conteúdos institucionais”. Segundo esta entidade, o objetivo de quem o faz é obter a resolução de questões internas, o que considera violar assim os princípios de ética e de deontologia. 

“Esta prática, considerada uma infração disciplinar, implicará doravante a abertura de um inquérito que poderá culminar na execução imediata do funcionário infrator ou na aplicação de uma das penas disciplinares previstas no diploma supracitado”, pode ler-se no documento. 

A circular apela à “exigente observância dos valores essenciais constantes da pauta deontologia do sérvio publico em geral e do código de ética do Ministério das Relações Exteriores”. 

Esta situação está a causar fortes debates em meios da diplomacia por se considerar que a medida tomada pelo ministério em questão contradiz então os apelos do Presidente da República, João Lourençoque pede frequentemente à população angolana que denuncie casos de corrupção nas instituições.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.




Artigos relacionados

Guerra na Ucrânia causa 422 mil refugiados

Guerra na Ucrânia causa 422 mil refugiados

O Alto Comissariado das Nações Unidas para os Refugiados (ACNUR) partilhou nesta segunda-feira, 28 de fevereiro, que já são mais…
Comunidade ucraniana em Portugal angaria bens para enviar à Ucrânia

Comunidade ucraniana em Portugal angaria bens para enviar à Ucrânia

A comunidade ucraniana de Vila Real, a Norte de Portugal, está a angariar medicamentos, comida enlatada e com muita validade,…
Presidente da Ucrânia apela a soldados russos para saírem do país

Presidente da Ucrânia apela a soldados russos para saírem do país

O Presidente ucraniano, Volodymyr Zelensky, apelou nesta segunda-feira, 28 de fevereiro, aos soldados russos para que deponham as armas e…
Revista de Imprensa Lusófona de 28 de fevereiro de 2022

Revista de Imprensa Lusófona de 28 de fevereiro de 2022

A “Agência Brasil” refere que “Brasileiros que saíram de Kiev chegam à Roménia”. Já “O Globo” tem em manchete o…
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin