Angola: Ministro das Finanças garante que negociações com FMI “estão a correr bem”

Continuam a decorrer as negociações do programa de apoio solicitado por Angola ao Fundo Monetário Internacional (FMI), que se espera estarem concluídas até dezembro. No entanto, o Ministro das Finanças angolano, Archer Mangueira, já veio garantir que estas “estão a correr bem”, através de um comunicado de imprensa divulgado hoje, 12 de outubro, pelo “Jornal Mercado”.

O ministro declarou que este processo é sempre demorado, mas afirmou ter a expetativa de que o programa de apoio possa avançar ainda no início de 2019. “As negociações levam sempre o seu tempo, mas gostaríamos muito que o programa começasse também com o início do exercício fiscal de Angola”, referiu Archer Mangueira, representante de Angola nos Encontros Anuais do FMI e do Banco Mundial, que estão a decorrer em Bali, na Indonésia.

“Nós terminámos a primeira fase do memorando técnico de entendimento, portanto, é um processo que ainda vai até Dezembro”, acrescentou. O acordo que está a ser feito com o FMI tem como base o Programa de Estabilização Macroeconómica definido pelo Governo.

A 05 de outubro, o chefe de missão do FMI para Angola referiu em Luanda que classificava como “frutuosas” as negociações com o Governo angolano e disse ainda que as duas partes tinham chegado a acordo “em grande parte das medidas”, havendo apenas “pequenos pontos” por acertar.

Segundo as informações divulgadas pelo FMI esta quinta-feira, 11 de outubro, o PIB angolano recuou 0,1% em 2018, face ao ano passado, e está a cair há três anos. Esta revisão sobre a projeção de crescimento da economia angolana ao longo deste ano é diferente da que foi feita em abril, altura em que se previa um crescimento de 2,2%. Ainda assim, o FMI estima que a economia angolana cresça 3,1%, mais 0,7 pontos percentuais do que tinha previsto em abril.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.




Artigos relacionados

Angola: Moco diz que MPLA receia enfrentar Costa Júnior

Angola: Moco diz que MPLA receia enfrentar Costa Júnior

O ex-primeiro-ministro angolano e militante do MPLA, Marcolino Moco, afirmou que o partido no poder, tal como o líder João…
Moçambique quer fortalecer cooperação com STP na Educação

Moçambique quer fortalecer cooperação com STP na Educação

A Embaixadora de Moçambique em São Tomé e Príncipe, Osvalda Joana, partilhou a vontade do país que representa em reforçar…
Cabo Verde: PAICV quer vencer as seis câmaras municipais de Santiago Norte em 2024

Cabo Verde: PAICV quer vencer as seis câmaras municipais de Santiago Norte em 2024

A presidente da Comissão Política Regional do PAICV em Santiago Norte, Carla Carvalho, afirmou que o “grande desafio” do mandato…
Portugal pondera aumentar número de turmas para crianças ucranianas

Portugal pondera aumentar número de turmas para crianças ucranianas

O ministro da Educação em Portugal, Tiago Brandão Rodrigues, reafirmou nesta sexta-feira, 11 de março, que as escolas portuguesas estão preparadas…
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin