Angola: MPLA acusado de beneficiar membro com dinheiro do combate à pobreza

A Hebrumel fornece bens e serviços ao Ministério da Acção Social, Família e Promoção da Mulher de Angola há mais de uma década. Segundo o “Luanda Post”, esta empresa tem sido a principal beneficiária do dinheiro público destinado ao combate à pobreza.

De acordo com a publicação, os bilhões de kwanzas que deveriam estar a ser usados no combate à pobreza têm ido parar às contas da Hebrumel e às suas subsidiárias.

Trata-se de uma empresa criada e administrada pelo empresário Carlos Hélder “Edson”, proeminente figura do MPLA em Luanda e um dos grandes patrocinadores do MPLA, partido no poder.

Ainda segundo o “Luanda Post”, na última campanha eleitoral que reelegeu o líder do MPLA, João Lourenço, como Presidente da República, o empresário Carlos Hélder terá dado milhões de kwanzas para essa campanha e estado pessoalmente envolvido em diversas tarefas em Luanda, capital do país.

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *




Artigos relacionados

Maláui: Brigada Anticorrupção manda prender oito funcionários da Migração por suspeita de corrupção 

Maláui: Brigada Anticorrupção manda prender oito funcionários da Migração por suspeita de corrupção 

Oito funcionários do Departamento da Migração de Lilongue e mais dois civis foram, esta quinta-feira (11), detidos por suspeita de…
Portugal: Aposta na inovação no setor agroindustrial marcou celebração de 15 anos da InovCluster em Castelo Branco

Portugal: Aposta na inovação no setor agroindustrial marcou celebração de 15 anos da InovCluster em Castelo Branco

A InovCluster – Associação do Cluster Agroindustrial do Centro, uma das mais destacadas instituições no setor, localizada em Castelo Branco,…
Guiné-Bissau: Nabiam acusa Sissoco de pretender eliminar líderes políticos guineenses

Guiné-Bissau: Nabiam acusa Sissoco de pretender eliminar líderes políticos guineenses

O antigo Primeiro-ministro e líder da APU-PDGB, Nuno Gomes Nabiam, acusou, esta quinta-feira, 11 de Julho, o Presidente da República…
Moçambique: Actividade Económica continuou fechada na vila de Macomia enquanto FADM justifica a razão da morte de um comerciante local 

Moçambique: Actividade Económica continuou fechada na vila de Macomia enquanto FADM justifica a razão da morte de um comerciante local 

Na terça-feira (9) a vila de Macomia, centro de Cabo Delgado, ficou agitada na sequência de uma manifestação da população…