Angola: MPLA doa bens alimentares às vítimas da seca no Namibe

Membros do MPLA

O MPLA, partido no poder, ofereceu bens alimentares e roupas usadas às populações das localidades do Maungo e Mbuanene, no Namibe, no âmbito do combate à seca. Segundo o secretário do Departamento de Organização e Mobilização do Comité Central da formação política, Jorge Inocêncio Dombolo, este gesto “não é para combater a situação, mas apenas para minimizar”.

“Trouxemos algo para minimizar a seca e contribuir nesse esforço nacional, e igualmente no quadro do Programa de Emergência que foi estabelecido pelo Presidente da República. Não viemos só trazer os donativos que o partido pode contribuir, mas também darmos conta dos empreendimentos que estão a ser erguidos com vista a minimizar a situação da seca na região”, acrescentou.

Dombolo reconheceu a existência de atrasos na execução de algumas obras visitadas. “Vamos concertar com os camaradas do partido, no sentido de acelerar um pouco mais esses empreendimentos. Realmente, as obras não estão completas, mas os animais e as plantas já estão a consumir a pouca água que se tira dos furos”, observou.

A mesma fonte pediu para que os habitantes locais confiem nos esforços que o Governo está a fazer para reverter o problema da seca no país.

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *




Artigos relacionados

Moçambique recebe do Japão cinco viaturas de bombeiros

Moçambique recebe do Japão cinco viaturas de bombeiros

O Governo japonês disponibilizou cerca de 170 mil dólares a Moçambique para a aquisição de cinco viaturas destinadas ao Serviço…
Angola: Reintegrados mais de 500 ex-militares em ações contra fome e pobreza

Angola: Reintegrados mais de 500 ex-militares em ações contra fome e pobreza

A vice-governadora provincial para o setor Político, Social e Económico de Benguela, Lídia Amaro, afirmou que 593 ex-militares foram reintegrados…
Banco Mundial indica crescimento de 4,1% para Timor-Leste

Banco Mundial indica crescimento de 4,1% para Timor-Leste

O Banco Mundial prevê que Timor-Leste registe um crescimento económico de 4,1% em 2024 e 2025, através do alívio das…
UE doa 50 milhões de euros à ONU para refugiados palestinianos

UE doa 50 milhões de euros à ONU para refugiados palestinianos

A União Europeia (UE) anunciou o envio da próxima parcela de 50 milhões de euros para a Agência das Nações…