Angola: MPLA incentiva deputados a avançar com programa do Governo

Vice-presidente do MPLA, Luísa Damião

A vice-presidente do MPLA, Luísa Damião, incentivou os deputados a contribuírem, com o devido rigor e competência, na materialização do Programa do Governo eleito nas eleições gerais de 24 de agosto.

O objetivo, explicou, é a união pelo desenvolvimento de Angola e, principalmente, pelo bem-estar das famílias angolanas.

As declarações foram feitas na abertura das I Jornadas Parlamentares do partido no poder, realizada em Luanda. Segundo Damião, no Programa de Governo do MPLA ficou expresso o pensamento da formação política, que deve ser defendido e abraçado com as ideias construtivas concorrentes para o aumento e reforço da eficácia.

A dirigente salientou que o referido programa assenta em três eixos fundamentais, entre os quais a Democracia, Modernidade e Transparência, o Desenvolvimento, Inclusão e Igualdade de Oportunidade e a Segurança e Liderança no Cenário Internacional.

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *




Artigos relacionados

Moçambique recebe do Japão cinco viaturas de bombeiros

Moçambique recebe do Japão cinco viaturas de bombeiros

O Governo japonês disponibilizou cerca de 170 mil dólares a Moçambique para a aquisição de cinco viaturas destinadas ao Serviço…
Angola: Reintegrados mais de 500 ex-militares em ações contra fome e pobreza

Angola: Reintegrados mais de 500 ex-militares em ações contra fome e pobreza

A vice-governadora provincial para o setor Político, Social e Económico de Benguela, Lídia Amaro, afirmou que 593 ex-militares foram reintegrados…
Banco Mundial indica crescimento de 4,1% para Timor-Leste

Banco Mundial indica crescimento de 4,1% para Timor-Leste

O Banco Mundial prevê que Timor-Leste registe um crescimento económico de 4,1% em 2024 e 2025, através do alívio das…
UE doa 50 milhões de euros à ONU para refugiados palestinianos

UE doa 50 milhões de euros à ONU para refugiados palestinianos

A União Europeia (UE) anunciou o envio da próxima parcela de 50 milhões de euros para a Agência das Nações…