Angola

Angola: MPLA lamenta onda de ataques a João Lourenço

Presidente de Angola e líder do MPLA, João Lourenço
João Lourenço

O MPLA deplorou a onda de ataques e insultos que têm sido feitos à figura do Presidente da República de Angola e também dirigente do partido no poder, João Lourenço. 

Para a formação política, a maneira como a imagem do governante está a ser ridicularizada nas redes sociais demonstra desrespeito, abuso e insultos à mais alta figura do Estado angolano. Como tal, defendeu a intervenção das autoridades de direito para que os autores dessas ações sejam responsabilizados, uma vez que considera tal prática uma humilhação pública. 

Para a deputada Augusta Leonel, do MPLA, as caricaturas feitas à imagem de João Lourenço refletem desrespeito pelo próprio. Essas imagens têm circulado principalmente pelo Facebook e pelo WhatsApp, sobre as mais diversas formas e expressões físicas consideradas ridículas. 

Tal tem acontecido após as últimas grandes manifestações realizadas em Luanda, datadas de 24 de outubro e de 11 de novembro. Desses protestos, organizados por grupos da sociedade civil, resultaram vários manifestantes feridos, pelo menos um deles morto e alguns desaparecidos.

© e-Global Notícias em Português
Comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Topo