Angola: MPLA pede uso correto das redes sociais

O primeiro secretário provincial do MPLA no Uíge, José Carvalho da Rocha, pediu à população para que fizesse um uso correto das redes sociais, através da transmissão de mensagens que contribuíssem para a moralização da sociedade. 

O apelo foi feito na abertura do primeiro encontro de recolha de opinião, denominado “Termómetro”. Carvalho da Rocha disse que os citadinos deveriam usar as redes sociais com responsabilidade, promovendo sempre o bem-estar social. 

“No uso das redes sociais é preciso primar pela promoção dos valores e princípios morais, razão pela qual pretendemos que este encontro contribua para a demonstração dos caminhos do desenvolvimento da província e na resolução dos problemas que afligem os cidadãos”, defendeu. 

No encontro, promovido pelo Comité Provincial do MPLA, os participantes debateram temas como “O impacto e alcance político dos media e das plataformas digitais no contexto atual”, “O papel dos media na moralização da sociedade” e “O enquadramento jurídico e penalizações sobre o mau uso das redes sociais”.

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *




Artigos relacionados

UE doa 50 milhões de euros à ONU para refugiados palestinianos

UE doa 50 milhões de euros à ONU para refugiados palestinianos

A União Europeia (UE) anunciou o envio da próxima parcela de 50 milhões de euros para a Agência das Nações…
Angola: Cinco bailarinos cabo-verdianos participam na Mostra de Artistas – PROCULTURA

Angola: Cinco bailarinos cabo-verdianos participam na Mostra de Artistas – PROCULTURA

Os bailarinos Mano Preto, Rosy Timas, Elisabete Fernandes, Djamilson Barreto e Djam Neguin estão selecionados para participar no “Concurso para…
Reino Unido vai reabrir embaixada em Timor-Leste

Reino Unido vai reabrir embaixada em Timor-Leste

A ministra de Estado do Reino Unido para o Indo-Pacífico, Anne Marie-Trevelyan, anunciou nesta sexta-feira, 01 de março, a reabertura…
Angola: Aprovada execução trimestral do OGE 2023 sem apoio da UNITA

Angola: Aprovada execução trimestral do OGE 2023 sem apoio da UNITA

O relatório de execução orçamental do terceiro trimestre de 2023 foi aprovado no Parlamento angolano através de maioria parlamentar. Os…