Angola: MPLA quer aproximar governação ao cidadão

O primeiro secretário do MPLA no Cuando Cubango, José Martins, defende a necessidade de os militantes do partido trabalharem cada vez mais junto aos cidadãos. Esta ação surge no quadro da estratégia de dar resposta às preocupações expostas. 

A opinião foi manifestada neste domingo, 19 de março, durante a intervenção do político no acto de apresentação da Agenda Política do MPLA 2023 aos militantes do município de Nancova. 

Para José Martins, a referida aproximação deve ser a melhor forma de trabalho e de mobilização, ocupação dos jovens e mulheres, com o objetivo de aprofundar a democracia interna da formação política. 

Neste sentido, orientou o reforço da unidade e coesão interna, sem descurar o estudo permanente da agenda política por parte das estruturas de base da organização, em alinhamento ao instrumento reitor da acção partidária, para reforçar as fileiras do partido no Cuando Cubango.

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *




Artigos relacionados

Timor-Leste: Xanana pede a jovens que deixem as artes marciais

Timor-Leste: Xanana pede a jovens que deixem as artes marciais

O primeiro-ministro de Timor-Leste, Xanana Gusmão, apelou aos jovens timorenses residentes no país e na diáspora para deixarem de praticar…
Missão do CCISP intensifica a cooperação entre Portugal e Timor no ensino superior, investigação e ciência

Missão do CCISP intensifica a cooperação entre Portugal e Timor no ensino superior, investigação e ciência

A iniciativa de promoção externa contou com a presença de representantes de onze instituições portuguesas de ensino superior politécnico. A…
Nigéria: Dois anos depois, o massacre na Igreja de Owo continua impune, sem ninguém ter sido acusado

Nigéria: Dois anos depois, o massacre na Igreja de Owo continua impune, sem ninguém ter sido acusado

Pelo menos 41 cristãos foram mortos num ataque na Igreja de São Francisco de Xavier, em Owo, no sudeste da…
Angola ocupa vice-presidência do Comité de Defesa e Segurança da UA

Angola ocupa vice-presidência do Comité de Defesa e Segurança da UA

Angola assumiu a primeira vice-presidência da Mesa do Comité Técnico Especializado de Defesa, Proteção e Segurança (CTEDPS) da União Africana…