Angola: MPLA renova 55% dos membros dos órgãos centrais

vice-presidente do MPLA, Luísa Damião

vice-presidente do MPLA, Luísa Damião

O MPLA vai promover no seu VIII Congresso a renovação de 55% dos membros dos seus órgãos, bem como a continuidade de 45%. O anúncio foi feito pela vice-presidente do partido no poder, Luísa Damião, no sábado, 31 de julho.

Enquanto se encontrava na província do Cunene, num encontro com os membros do Comité Municipal do MPLA no Cunhama, a dirigente mencionou que as alterações devem-se ao aumento da representatividade das mulheres nos órgãos de direção a todos os níveis. Assim, essa representatividade terá de ser repartida em 50% para cada género.

Luísa Damião cumpriu uma jornada de trabalho de três dias ao Cunene, que teve início na quinta-feira, 29 de julho. Segundo a formação política, o MPLA quer transformar o conclave num momento de profunda reflexão para fortalecer mais a organização política, tornando-a mais dinâmica, democrática e moderna.

Neste âmbito, prosseguiu, o evento vai servir para afinar a estratégia nas eleições gerais, agendadas para 2022.

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *




Artigos relacionados

Moçambique recebe do Japão cinco viaturas de bombeiros

Moçambique recebe do Japão cinco viaturas de bombeiros

O Governo japonês disponibilizou cerca de 170 mil dólares a Moçambique para a aquisição de cinco viaturas destinadas ao Serviço…
Angola: Reintegrados mais de 500 ex-militares em ações contra fome e pobreza

Angola: Reintegrados mais de 500 ex-militares em ações contra fome e pobreza

A vice-governadora provincial para o setor Político, Social e Económico de Benguela, Lídia Amaro, afirmou que 593 ex-militares foram reintegrados…
Banco Mundial indica crescimento de 4,1% para Timor-Leste

Banco Mundial indica crescimento de 4,1% para Timor-Leste

O Banco Mundial prevê que Timor-Leste registe um crescimento económico de 4,1% em 2024 e 2025, através do alívio das…
UE doa 50 milhões de euros à ONU para refugiados palestinianos

UE doa 50 milhões de euros à ONU para refugiados palestinianos

A União Europeia (UE) anunciou o envio da próxima parcela de 50 milhões de euros para a Agência das Nações…