Angola

Angola: Ngonda concorre à sua sucessão para dirigir FNLA

Líder da FNLA, Lucas Ngonda
Lucas Ngonda

O atual dirigente da FNLA, Lucas Ngondade 81 anos, vai concorrer à sua própria sucessão, de acordo com uma fonte ligada ao seu gabinete. O evento irá decorrer no V Congresso, que realizar-se-á em junho. 

A decisão foi tomada apesar da existência de diversos protestos contra a liderança de Ngonda, uma situação que tem enfraquecido significativamente o partido e levado o mesmo a uma possível extinção. 

No entanto, o atual presidente da FNLA tem, alegadamente, dito aos seus principais colaboradores que quer recandidatar-se para concluir um projeto ambicioso que tem para a formação política. Este consiste em colocar a mesma como a segunda maior força política de Angola em 2027, posição atualmente ocupada pela UNITA. 

 Entretanto, a FNLA vai apostar, nos próximos dias, na sua reestruturação ao nível dos municípios, de maneira a enfrentar melhor os desafios que se aproximam, principalmente as eleições autárquicas e gerais. 

A informação foi avançada à imprensa pelo secretário-geral do partido, Aguiar Laurindo. Ainda segundo o próprio, a FNLA vai priorizar igualmente uma liderança participativa para o crescimento da organização. 

“Estamos comprometidos em alcançar resultados positivos nos próximos pleitos eleitorais, por isso vamos reestruturar as nossas organizações de base. Este 59.º aniversário é motivo de orgulho e satisfação, no sentido de refletirmos sobre os desafios que o partido se propõe atingir”, esclareceu no final de um seminário sobre as autarquias, promovido em alusão ao 59.º aniversário da FNLA.

© e-Global Notícias em Português
Comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Topo