Angola: Ngonda impugna congresso que elegeu líder da FNLA

O presidente da FNLA, Lucas Ngonda, afirmou nesta quarta-feira, 18 de agosto, que vai impugnar o congresso em que Pedro Dala foi eleito novo líder do partido.

Segundo Ngonda, o facto de estar num Estado de direito permite que o V congresso ordinário da FNLA tenha ocorrido, tal como lhe permite “repor a legalidade” do que aconteceu. Isto porque considera ilegal o evento ocorrido na terça-feira.

Assim, prosseguiu, o congresso da formação política irá ocorrer de 16 a 18 de setembro, data que o Tribunal Constitucional tem conhecimento.

Ngonda é candidato à sua sucessão, e tem outros sete candidatos como concorrentes, entre os quais Dala, ex-secretário-geral do partido, que foi destituído das funções em 2020.

Para o atual dirigente da FNLA, Dala não reúne consenso e não tem qualquer apoio interno. Segundo Ngonda, o comité central do partido tem 411 membros e participaram no congresso pouco mais de metade.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.




Artigos relacionados

Moçambique: IESE diz que Covid-19 não foi principal causa de recessão do país

Moçambique: IESE diz que Covid-19 não foi principal causa de recessão do país

O Instituto de Estudos Sociais e Económicos (IESE) considera que a Covid-19 não foi a principal causa da recessão económica em Moçambique.…
Guiné-Bissau: Presidente exonera Chefe de Estado-maior da armada e vice do Exército

Guiné-Bissau: Presidente exonera Chefe de Estado-maior da armada e vice do Exército

Segundo uma nota do Gabinete de Comunicação da Presidência da República, citando o Decreto Presidencial, “é o Contra Almirante, Carlos…
Timor-Leste: Elaboração do Plano de Urbanização de Díli aprovada

Timor-Leste: Elaboração do Plano de Urbanização de Díli aprovada

O Conselho de Ministros de Timor-Leste aprovou a elaboração do Plano de Urbanização de Díli. O objetivo é melhorar a…
Angola: Governo aprova mais de 15 mil milhões de kwanzas para Agricultura e Pescas

Angola: Governo aprova mais de 15 mil milhões de kwanzas para Agricultura e Pescas

O ministro da Agricultura e Pescas de Angola, António Francisco de Assis, informou que foram aprovados mais de 15 mil…
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin