Angola: ONU reconhece influência do país na pacificação dos Grandes Lagos

A Organização das Nações Unidas (ONU) disse reconhecer o papel importante de Angola na região dos Grandes Lagos e incentivou o país a continuar com os esforços na busca da paz e estabilidade total da zona.

A declaração foi feita à imprensa nesta quinta-feira, 28 de novembro, em Luanda, pelo enviado especial da ONU para a região dos Grandes Lagos, Huang Xia, à saída da audiência que lhe foi concedida pelo Chefe de Estado angolano, João Lourenço. Segundo o diplomata, a reunião serviu para serem abordados assuntos relacionados com a pacificação da referida região, bem como da África Central.

“Existe uma relativa estabilidade na região dos Grandes Lagos”, afirmou, apesar de lamentar o facto de ainda ocorrerem ações armadas no Leste da República Democrática do Congo.

Da região dos Grandes Lagos fazem parte os países Angola, República Democrática do Congo, Ruanda, Zâmbia, Sudão, Sudão do Sul, Quénia, Tanzânia, República do Congo, Uganda, República Centro-Africana e Burundi.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.




Artigos relacionados

Moçambique: Sector de Género, Mulher e Acção Social capacita mais de 200 mulheres em Niassa

Moçambique: Sector de Género, Mulher e Acção Social capacita mais de 200 mulheres em Niassa

O Sector de Género, Mulher e Acção Social, na província de Niassa, norte de Moçambique, capacitou no primeiro semestre deste…
Angola: Membro da FNLA agredido por delegados de lista

Angola: Membro da FNLA agredido por delegados de lista

O primeiro secretário provincial da FNLA no Bié, António Muhongo, foi espancado recentemente por delegados de lista, de acordo com…
Guiné-Bissau: Adolescente morre depois de suposta tortura em ritual de fanado

Guiné-Bissau: Adolescente morre depois de suposta tortura em ritual de fanado

O corpo sem vida de Amadu Serra, 17 anos, foi levado esta segunda-feira para o hospital regional de Buba, sul…