Angola: Oposição acusa MPLA de “branquear a sua imagem”

O MPLA teve a iniciativa de realizar um debate parlamentar na semana passada. O foco central foi o combate à impunidade como fator primordial à boa governação.

No entanto, a oposição considera que esse momento tratou-se de mais uma tentativa de branquear a imagem do partido no poder. Para os opositores, o combate à corrupção, frequentemente falado pelo Presidente da República, João Lourenço, desde que ascendeu ao poder, em 2017, não será possível com o MPLA no poder.

Recorde-se que a formação política reconheceu, através de um relatório apresentado aos deputados à Assembleia Nacional, que “a corrupção no país estava instalada nos órgãos da administração central do Estado, no aparelho judicial, governos provinciais, administrações locais e órgãos de defesa e segurança, tendo, ao longo do tempo, criado ramificações e estrutura própria, com hierarquia e voz de comando”.

No entanto, salientou, em 2019 foram registadas “melhorias consideráveis” em termos de combate a estes fenómenos. Como base desta afirmação referiu os dados elaborados pela organização não governamental Transparência Internacional e dos relatos da Direção Nacional de Investigação e Ação Penal e do Serviço Nacional de Recuperação de Ativos da Procuradoria-Geral da República (PGR).

Após o debate parlamentar da semana passada, o ex-secretário-geral do MPLA, Álvaro Boavida Neto, assumiu que grande parte dos membros do partido cometeu erros que prejudicaram os cidadãos angolanos durante vários os anos, principalmente em matéria de corrupção e de impunidade.

“Todos nós fizemos mal aos nossos cidadãos. Doravante precisamos de difundir a misericórdia”, concluiu.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.




Artigos relacionados

Comunidade ucraniana em Portugal angaria bens para enviar à Ucrânia

Comunidade ucraniana em Portugal angaria bens para enviar à Ucrânia

A comunidade ucraniana de Vila Real, a Norte de Portugal, está a angariar medicamentos, comida enlatada e com muita validade,…
Presidente da Ucrânia apela a soldados russos para saírem do país

Presidente da Ucrânia apela a soldados russos para saírem do país

O Presidente ucraniano, Volodymyr Zelensky, apelou nesta segunda-feira, 28 de fevereiro, aos soldados russos para que deponham as armas e…
Revista de Imprensa Lusófona de 28 de fevereiro de 2022

Revista de Imprensa Lusófona de 28 de fevereiro de 2022

A “Agência Brasil” refere que “Brasileiros que saíram de Kiev chegam à Roménia”. Já “O Globo” tem em manchete o…
Moçambique: IESE diz que Covid-19 não foi principal causa de recessão do país

Moçambique: IESE diz que Covid-19 não foi principal causa de recessão do país

O Instituto de Estudos Sociais e Económicos (IESE) considera que a Covid-19 não foi a principal causa da recessão económica em Moçambique.…
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin