Angola: Oposição critica remodelação do Governo

O líder do Partido de Renovação Social (PRS), Benedito Daniel, afirmou que a redução e remodelação do Governo de Angola não representam uma solução significativa para o momento económico que o país atravessa.

A declaração foi feita em reação à recente remodelação governamental feita pelo Presidente da República, João Lourenço, que eliminou sete ministérios, passando a haver 21 e não 28 em Angola.

Da longa lista de exonerações divulgada na segunda-feira, 06 de abril, pela Casa Civil do chefe de Estado, fazem parte 17 ministros e 24 secretários de Estado, além do secretário do Presidente da República para os Assuntos Políticos, Constitucionais e Parlamentares e o diretor do Gabinete de Ação Psicológica e informação da Casa de Segurança do Presidente da República.

O dirigente do partido da oposição considera que a redução de ministérios divulgada não é evidente, uma vez que quem trabalha neles transita de um para outro e isso não faz com que haja uma redução de despesas a nível de pessoal, de pagamentos.

Por sua vez, a União Nacional para a Independência Total de Angola (UNITA) considera um erro o facto de a remodelação do Governo ter deixado de fora o setor estratégico da economia. O presidente da maior formação política da oposição, Adalberto Costa Júnior, mencionou ainda que o excesso de mudanças revela “insegurança”.

O político manifestou algumas dúvidas sobre ser ou não positivo que haja grandes mexidas em vários ministérios numa altura em que se combate o novo coronavírus (Covid-19), uma vez que assim “não há estabilização” e os ministros não têm tempo de ver os resultados.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.




Artigos relacionados

Banco de Moçambique cancela registo de 15 operadores de microcrédito

Banco de Moçambique cancela registo de 15 operadores de microcrédito

O Banco de Moçambique decidiu cancelar o registo de 15 operadores de microcrédito. Estes passam a estar assim proibidos de…
Cabo Verde e Suíça decidem facilitar vistos de curta duração

Cabo Verde e Suíça decidem facilitar vistos de curta duração

Cabo Verde e Suíça acordaram que vão facilitar a emissão de vistos de curta duração, divulgou o Ministério dos Negócios…
Timor-Leste: Debate de candidatos presidenciais adiado para 15 de março

Timor-Leste: Debate de candidatos presidenciais adiado para 15 de março

O Vice-Presidente da Comissão Nacional de Eleições (CNE), Domingos Barreto, informou que o debate público dos candidatos à Presidência da…
Moçambique: Maleiane ocupa cargo de primeiro-ministro

Moçambique: Maleiane ocupa cargo de primeiro-ministro

O chefe de Estado moçambicano, Filipe Nyusi, confere posse a Adriano Maleiane nesta sexta-feira, 04 de março. O ex-ministro da…
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin