Angola: P-NJANGO extinto pelo Tribunal Constitucional

O Tribunal Constitucional decretou a extinção do Partido Nacionalista para Justiça de Angola (P-NJANGO). Recorde-se que a formação política teve maus resultados nas eleições de 24 de agosto, que foram a sua primeira corrida eleitoral.

A extinção consta num despacho do processo n.° 1047-B/2022, datado no dia 14 de novembro, a pedido da Procuradoria-Geral da República (PGR). 

“Admito a extinção do Partido Político aos abrigos conjugados na alínea c), do n°2 do Artigo 181 da CR, o artigo 31°da Lei n°2/8 de Junho”, pode ler-se na nota do despacho, citada pelo “Correio da Kianda”. 

O Tribunal Constitucional dá dez dias ao P-NJANGO para contestar a sua extinção. Entretanto, o partido atravessa um período de crise interna, onde membros acusam o seu líder, Eduardo Chingunji, de má gestão e de desviar verbas da organização.

Deixe uma resposta




Artigos relacionados

Guiné Equatorial: Vice-presidente acusa Espanha de "humilhar" o país

Guiné Equatorial: Vice-presidente acusa Espanha de "humilhar" o país

O vice-presidente da Guiné Equatorial, Teodoro Nguema Obiang, acusa a Espanha de “humilhar” e “desacreditar” o país depois de a…
Moçambique: Operação "Vulcão IV" decorre no distrito de Macomia

Moçambique: Operação "Vulcão IV" decorre no distrito de Macomia

As Forças Armadas de Defesa de Moçambique (FADM) informaram nesta terça-feira, 03 de janeiro, que está em curso a Operação…
Timor-Leste: Taxa de execução do OGE 2022 foi de 78,75%

Timor-Leste: Taxa de execução do OGE 2022 foi de 78,75%

O Governo de Timor-Leste executou em 2022 cerca de 78,75% do valor total do Orçamento Geral do Estado (OGE) desse…
Moçambique: Atraso de salários gera greve no município de Nacala

Moçambique: Atraso de salários gera greve no município de Nacala

Mais de setecentos funcionários e agentes do Estado afetos ao Conselho autárquico de Nacala, na província de Nampula, encontram-se em…