Angola: Partidos que participam nas eleições recebem 80 milhões de kwanzas do Governo

O Governo angolano decidiu atribuir um financiamento extraordinário de 882,6 milhões de kwanzas, que será distribuído de forma igualitária por todos os partidos políticos legalizados. 

Isto significa que cada partido, dos 11 legalizados, irá receber cerca 80 milhões de kwanzas. Tal acontecerá independentemente de ter ou não representação parlamentar, segundo o “Portal de Angola”. 

O ministro de Estado e chefe da Casa Civil do Presidente da República, Adão de Almeida, esclareceu em conferência de imprensa que o financiamento não é para a campanha eleitoral. Para a campanha o apoio financeiro só será definido depois da aprovação das candidaturas pelo Tribunal Constitucional, realçou. 

A explicação foi dada no final de um encontro com os partidos políticos com assento parlamentar sobre o processo eleitoral. Adão de Almeida referiu que a Lei de Financiamento aos Partidos Políticos define que, em ano eleitoral, há um financiamento extraordinário concedido a todas as forças políticas legalmente existentes. 

“Se do lado dos partidos políticos tudo estiver em condições para que na próxima semana essa matéria seja executada e cumprida”, o Ministério das Finanças tem já orientação para “executar imediatamente”, acrescentou. 

Os partidos políticos legalizados pelo Tribunal Constitucional são o MPLA, a UNITA, a FNLA, o BD, o PRS, o PDP-ANA, o PADDA-AP, o PALMA, o PPA, o PNSA e o PDA.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.




Artigos relacionados

Timor-Leste: Governo aprova que mais de mil escolas tenham Internet

Timor-Leste: Governo aprova que mais de mil escolas tenham Internet

O Governo timorense aprovou o decreto-lei da medida de apoio às escolas dos ensinos pré-escolar, básico e secundário públicos e…
Cabo Verde: TACV quer demitir 42 trabalhadores para manter-se

Cabo Verde: TACV quer demitir 42 trabalhadores para manter-se

A presidente do conselho de administração da TACV, Sara Pires, informou que a companhia aérea necessita dispensar cerca de 42…
Moçambique: 67 moçambicanos têm USD 78 milhões em propriedades no Dubai

Moçambique: 67 moçambicanos têm USD 78 milhões em propriedades no Dubai

Uma investigação dos “Pandora Papers” divulgada em 2021 pelo Consórcio Internacional de Jornalistas Investigativos indicou que os Emirados Árabes Unidos eram um…
Angola ocupa presidência rotativa da OEACP em dezembro

Angola ocupa presidência rotativa da OEACP em dezembro

O secretário de Estado para a Cooperação Internacional e Comunidades Angolanas, Domingos Vieira Lopes, informou que Angola vai assumir a…
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin