Angola

Angola poderá produzir energias renováveis a partir de 2022

A administração da petrolífera estatal Sonangol prevê que Angola comece a produzir energias renováveis a partir de 2022. Segundo a mesma fonte, já decorrem trabalhos em parceria com as empresas Total e Eni. 

A informação foi avançada pelo presidente do Conselho de Administração da Sonangol, Sebastião Gaspar Martins. O responsável disse ainda que a petrolífera continua centrada na sua atividade nuclear e prepara-se também para a produção de energias renováveis. 

Igualmente de acordo com Gaspar Martins, decorrem ações para a migração da petrolífera para uma empresa de energias. Parceiros da Sonangol, nomeadamente a francesa Total e a italiana Enijá estão a fazer esta migração com projetos em algumas províncias angolanas. 

“Especificamente estamos com a Eni no Caraculo, na província do Namibe, que é um projeto de energias renováveis, uma fotovoltaica para cerca de 25 megawatts numa primeira fase e mais 25 megawatts na segunda fase”partilhou. 

As declarações foram feitas à margem do “Fórum sobre Oportunidades de Negócios em Angola nos domínios da Mineração, Petróleo e Gás”, dirigido ao corpo diplomático acreditado em Angola.

© e-Global Notícias em Português
Comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Topo